Fechar
Publicidade

Domingo, 26 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Revendas ampliam negócios em até 70%


Luciana Sereno
Do Diário do Grande ABC

09/08/2001 | 00:07


Após dois anos de funcionamento, a entidade Lojas Associadas – grupo que reúne 12 revendedoras de veículos das avenidas Martim Francisco, Oratório, Itamarati e Distrito Federal, de Santo André – registrou crescimento de até 70% nas vendas das empresas participantes. A entidade foi criada com o objetivo de unir os proprietários das lojas e acabar com a concorrência acirrada. A associação reúne, atualmente, 1,5 mil carros em estoque e 200 funcionários. Outras lojas ainda podem se associar.

De acordo com o presidente da Lojas Associadas, Fernando dos Anjos, a idéia é fazer um trabalho em equipe e, com isso, obter força para negociar com as instituições financeiras e os consumidores finais. “As lojas de carros são vistas de forma diferente do que as concessionárias”, disse. A associação quer formar uma nova imagem institucional das revendedoras, mostrando que as compras feitas nas lojas contam com segurança, qualidade e garantia.

Além de oferecer os mesmos benefícios que as concessionárias, na avaliação do empresário, a associação tem outro diferencial: o cliente passa a ter livre acesso aos proprietários das revendedoras. “Buscamos o atendimento personalizado e diferenciado. Assim, o consumidor tem privilégios quando compra em uma loja associada.” Com este novo esquema, as doze lojas da região conseguiram melhores condições junto às financeiras.

Divulgação – Para remodelar a imagem institucional das revendedoras de veículos, a Lojas Associadas desenvolveu uma estratégia de marketing e criou um selo de qualidade. Ambos ressaltam o compromisso e proporcionam segurança ao consumidor. “Todos os veículos das lojas associadas são identificados por este selo”, afirmou.

O monitoramento do trabalho é feito durante as reuniões periódicas entre os lojistas, que aproveitam para discutir melhorias e problemas comuns. Fernando esclarece que todo o trabalho é realizado com base no estatuto e código de ética da associação, porque além de beneficiar o consumidor, a associação pretende funcionar como um shopping aberto.

Compra – As doze revendedoras passam por monitoramento diário a fim de garantir o cumprimento do código de ética da associação. De acordo com o presidente da Lojas Associadas, o cliente sai das lojas com garantia de procedência do veículo e, caso tenha qualquer problema, tem total liberdade para acionar a presidência da associação. As compras têm garantia de três meses e atendem à legislação do Código de Defesa do Consumidor, segundo Anjos. “Asseguramos o bom estado dos itens com custo de manutenção mais elevado e garantindo que o carro não tem multas pendentes e não é um veículo furtado”, afirmou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;