Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 16 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Botafogo recebe o Boa com chance de disparar na liderança da Série B



19/06/2015 | 07:00


Líder isolado da Série B do Campeonato Brasileiro e vindo de 12 vitórias seguidas no Engenhão, o Botafogo recebe o Boa nesta sexta-feira, às 21h50, tentando disparar na liderança da competição. Para esse jogo, o técnico René Simões terá praticamente força máxima. A única baixa é o meia Daniel Carvalho.

O jogador tinha presença garantida no time titular, mas sentiu dores musculares e foi poupado do treino dessa quinta-feira. Assim, ele deverá ficar no banco por precaução, dando lugar a Diego Jardel. O restante do time é o mesmo que René escalou ao longo da semana, já com Diego Giaretta como volante - Marcelo Mattos, que vinha sendo titular, está de saída do clube.

Com seis vitórias e um empate em sete rodadas, o Botafogo defende a invencibilidade e pode abrir cinco pontos de vantagem em relação ao segundo colocado. Mesmo assim, René Simões pede pés no chão. "Essa invencibilidade não passa na nossa cabeça. Passa apenas o gol e a Copa do Mundo das nossas vidas", declarou.

René também convocou a torcida. "Quero dizer aos torcedores que precisamos do apoio deles e que venham ao estádio para ajudar o time a sair desse sufoco financeiro que estamos passando. Que isso sirva para dar sequência nessa onda positiva e que possamos ajudar o clube."

Abrindo a zona de rebaixamento, o Boa tem como grande novidade a estreia do técnico Moacir Júnior. O treinador assumiu a equipe no início da semana e, apesar de não confirmar o time, deverá repetir a escalação do último jogo.

"O elenco precisa ter confiança em si para conseguir os resultados. É claro que é sempre complicado enfrentar o Botafogo fora de casa, ainda mais em uma Série B, mas se já formos para o Rio de Janeiro derrotados, não tem porque entrar em campo", destacou o técnico. "Vamos com o pensamento positivo, como deve ser."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Botafogo recebe o Boa com chance de disparar na liderança da Série B


19/06/2015 | 07:00


Líder isolado da Série B do Campeonato Brasileiro e vindo de 12 vitórias seguidas no Engenhão, o Botafogo recebe o Boa nesta sexta-feira, às 21h50, tentando disparar na liderança da competição. Para esse jogo, o técnico René Simões terá praticamente força máxima. A única baixa é o meia Daniel Carvalho.

O jogador tinha presença garantida no time titular, mas sentiu dores musculares e foi poupado do treino dessa quinta-feira. Assim, ele deverá ficar no banco por precaução, dando lugar a Diego Jardel. O restante do time é o mesmo que René escalou ao longo da semana, já com Diego Giaretta como volante - Marcelo Mattos, que vinha sendo titular, está de saída do clube.

Com seis vitórias e um empate em sete rodadas, o Botafogo defende a invencibilidade e pode abrir cinco pontos de vantagem em relação ao segundo colocado. Mesmo assim, René Simões pede pés no chão. "Essa invencibilidade não passa na nossa cabeça. Passa apenas o gol e a Copa do Mundo das nossas vidas", declarou.

René também convocou a torcida. "Quero dizer aos torcedores que precisamos do apoio deles e que venham ao estádio para ajudar o time a sair desse sufoco financeiro que estamos passando. Que isso sirva para dar sequência nessa onda positiva e que possamos ajudar o clube."

Abrindo a zona de rebaixamento, o Boa tem como grande novidade a estreia do técnico Moacir Júnior. O treinador assumiu a equipe no início da semana e, apesar de não confirmar o time, deverá repetir a escalação do último jogo.

"O elenco precisa ter confiança em si para conseguir os resultados. É claro que é sempre complicado enfrentar o Botafogo fora de casa, ainda mais em uma Série B, mas se já formos para o Rio de Janeiro derrotados, não tem porque entrar em campo", destacou o técnico. "Vamos com o pensamento positivo, como deve ser."

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;