Fechar
Publicidade

Domingo, 15 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

S.Caetano aprova proposta com veto a duas emendas


Caio dos Reis
Especial para o Diário

19/06/2015 | 07:00


A cidade de São Caetano foi a primeira do Grande ABC a aprovar o PME (Plano Municipal de Educação). Em sessão extraordinária na manhã de ontem, os vereadores votaram o projeto que define as diretrizes para a Educação nos próximos dez anos.

O texto foi avalizado na íntegra, com a rejeição de duas emendas apresentadas. A primeira alteração estava relacionada à avaliação do andamento do PME de três em três meses. A outra tem relação com a questão de gênero e sexo, e suprimia as expressões sobre o tema.

Na semana passada, o documento chegou a ser inserido na ordem do dia, mas o texto foi retirado de última hora.

Segundo o vereador Pio Mielo (PT), as emendas foram rejeitadas para evitar a perda da data limite. “Podíamos pedir a correção da emenda, mas não iria chegar há tempo de ser apreciado dentro do prazo estabelecido pelo governo federal.”

O vereador ainda disse que o Legislativo irá incluir as emendas em forma de indicações. “São pontos importantes e que serão inclusos a partir de indicações da própria Casa.”

Sobre a avaliação trimestral do plano municipal, Pio afirmou que “a ideia é promover audiências públicas no período, já que é importante acompanhar o andamento do projeto”.

OUTRAS CIDADES
Em Santo André, o PME tramita na Casa. Em Diadema, Mauá e Rio Grande existe a expectativa do documento ser apreciado nas sessões da semana que vem.

Em São Bernardo não houve nenhuma movimentação em relação ao plano municipal na sessão de quarta-feira, sinalizando que haverá atraso sobre a proposta.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

S.Caetano aprova proposta com veto a duas emendas

Caio dos Reis
Especial para o Diário

19/06/2015 | 07:00


A cidade de São Caetano foi a primeira do Grande ABC a aprovar o PME (Plano Municipal de Educação). Em sessão extraordinária na manhã de ontem, os vereadores votaram o projeto que define as diretrizes para a Educação nos próximos dez anos.

O texto foi avalizado na íntegra, com a rejeição de duas emendas apresentadas. A primeira alteração estava relacionada à avaliação do andamento do PME de três em três meses. A outra tem relação com a questão de gênero e sexo, e suprimia as expressões sobre o tema.

Na semana passada, o documento chegou a ser inserido na ordem do dia, mas o texto foi retirado de última hora.

Segundo o vereador Pio Mielo (PT), as emendas foram rejeitadas para evitar a perda da data limite. “Podíamos pedir a correção da emenda, mas não iria chegar há tempo de ser apreciado dentro do prazo estabelecido pelo governo federal.”

O vereador ainda disse que o Legislativo irá incluir as emendas em forma de indicações. “São pontos importantes e que serão inclusos a partir de indicações da própria Casa.”

Sobre a avaliação trimestral do plano municipal, Pio afirmou que “a ideia é promover audiências públicas no período, já que é importante acompanhar o andamento do projeto”.

OUTRAS CIDADES
Em Santo André, o PME tramita na Casa. Em Diadema, Mauá e Rio Grande existe a expectativa do documento ser apreciado nas sessões da semana que vem.

Em São Bernardo não houve nenhuma movimentação em relação ao plano municipal na sessão de quarta-feira, sinalizando que haverá atraso sobre a proposta.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;