Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 20 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Radares na Índio Tibiriçá ficam escondidos


Luciana Yamashita
Do Diário do Grande ABC

11/12/2007 | 07:03


Os radares de velocidade na Rodovia Índio Tibiriçá ficam escondidos atrás de proteções e muretas na beira da pista.

Instalação fere a resolução do Contran (Conselho Nacional de Trânsito), que determina que o motorista tenha “ampla visibilidade do equipamento”.

Na semana passada, a reportagem viu um radar no Km 35,5, no sentido Suzano. Um veículo (da empresa terceirizada que instala os aparelhos) com portas e porta-malas abertos, como se estivesse quebrado, estava parado no acostamento. O carro escondia o radar, que estava logo atrás.

O morador de Ribeirão Pires e policial militar A.T.O., 28 anos, viu outro radar móvel escondido no Km 47, no bairro Roncon.

“Eu não tinha visto o radar, que estava atrás da mureta. Fiz um boletim de ocorrência de preservação de direito na Polícia Rodoviária”, diz.

O. tirou fotos da localização do aparelho. “Caso receba a multa, entro com um processo”, diz.

O DER (Departamento de Estradas de Rodagem), responsável pelos radares na rodovia, informa que segue a norma do Contran e que os equipamentos ficam protegidos e não escondidos. Segundo o DER, os radares ficam protegidos porque já houve casos de equipamentos quebrados e operadores ameaçados.

O DER não informou qual o valor de arrecadação por multas no local.

Desde 2004, foram 161 ocorrências de furto, agressão, vandalismo e ameaça a operador.

O Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) reforça que a via precisa estar sinalizada e que haja visibilidade dos equipamentos. Quem se sentir prejudicado pode procurar qualquer órgão ligado ao SNT (Sistema Nacional de Trânsito).


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;