Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 13 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Pesquisas sobre o envelhecimento avançam nos EUA


Do Diário do Grande ABC

25/05/2000 | 00:26


A velhice pode ser retardada com a reduçao do consumo de calorias e um gene responsável pelo envelhecimento já foi identificado, anunciaram nesta quarta-feira duas equipes de pesquisadores norte-americanos.

Está comprovado que a reduçao do consumo de calorias, sem chegar a desnutriçao, permite prolongar o tempo de vida entre os mamíferos e atenuar os efeitos da velhice, mas ainda nao foi possível explicar por qual razao isto ocorre.

O professor Michael Jazwinsky, da Universidade da Louisiana, revelou no congresso da Sociedade Americana de Microbiologia que conseguiu prolongar a vida de uma espécie de levedura reduzindo o seu consumo de calorias.

Jazwinsky garante que prolongou a vida da levedura Saccharomyces cerevisiae, retardando inclusive os reflexos físicos do envelhecimento, por meio da manipulaçao de seu consumo de calorias.

"Se for possível desvendar as causas deste processo, será possível criar procedimentos relativamente simples para retardar o envelhecimento e melhorar a qualidade de vida do homem em seus últimos anos", disse Jazwinsky.

Em outra pesquisa, o doutor Leonard Guarente, do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), identificou o gene Sir2 como o responsável pela produçao da proteína cuja quantidade regula a duraçao da vida das células de levedura, mas que atua em estrita relaçao com a taxa de metabolismo do organismo.

"Nossas descobertas proporcionam um novo modelo para o estudo do envelhecimento e deixam claro que a restriçao do consumo de calorias aumenta o tempo de vida", afirmou o doutor Guarente.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Pesquisas sobre o envelhecimento avançam nos EUA

Do Diário do Grande ABC

25/05/2000 | 00:26


A velhice pode ser retardada com a reduçao do consumo de calorias e um gene responsável pelo envelhecimento já foi identificado, anunciaram nesta quarta-feira duas equipes de pesquisadores norte-americanos.

Está comprovado que a reduçao do consumo de calorias, sem chegar a desnutriçao, permite prolongar o tempo de vida entre os mamíferos e atenuar os efeitos da velhice, mas ainda nao foi possível explicar por qual razao isto ocorre.

O professor Michael Jazwinsky, da Universidade da Louisiana, revelou no congresso da Sociedade Americana de Microbiologia que conseguiu prolongar a vida de uma espécie de levedura reduzindo o seu consumo de calorias.

Jazwinsky garante que prolongou a vida da levedura Saccharomyces cerevisiae, retardando inclusive os reflexos físicos do envelhecimento, por meio da manipulaçao de seu consumo de calorias.

"Se for possível desvendar as causas deste processo, será possível criar procedimentos relativamente simples para retardar o envelhecimento e melhorar a qualidade de vida do homem em seus últimos anos", disse Jazwinsky.

Em outra pesquisa, o doutor Leonard Guarente, do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), identificou o gene Sir2 como o responsável pela produçao da proteína cuja quantidade regula a duraçao da vida das células de levedura, mas que atua em estrita relaçao com a taxa de metabolismo do organismo.

"Nossas descobertas proporcionam um novo modelo para o estudo do envelhecimento e deixam claro que a restriçao do consumo de calorias aumenta o tempo de vida", afirmou o doutor Guarente.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;