Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 17 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Polícia prende farmacêutico que confessou ter matado jovem


Juliana Ravelli
Do Diário do Grande ABC

05/02/2009 | 07:00


O farmacêutico Antônio Flavio dos Santos Silva, 27 anos, foi preso no Parque Novo Oratório, em Santo André, por policiais da Delegacia de Homicídios. Ele teria confessado, no último dia 21, que teria matado a facadas o jovem José Manoel Paes Barreto, 19, em outubro do ano passado, no Jardim Guaraciaba.

 Barreto, que era homossexual, conheceu o farmacêutico em uma sala de bate-papo na internet. Depois de trocar alguns e-mails, combinaram de se encontrar. Segundo o depoimento de Silva, eles se encontraram apenas uma vez e Barreto começou a pressioná-lo, pedindo que ele rompesse seu casamento.

            As brigas se tornaram constantes e o farmacêutico resolveu terminar o relacionamento. "Eles marcaram de se encontrar no terminal de São Matheus, em São Paulo, no dia da eleição (5 de outubro). De lá, vieram discutindo até Santo André. O autor já havia premeditado o crime, pois saiu de casa com uma faca. Deu a primeira facada nas costas", explicou o delegado Marco Aurélio Gonçalves, responsável pela Delegacia de Homicídios. O corpo do jovem só foi localizado no dia seguinte, com 34 marcas de facadas e sem os dois globos oculares.

 O delegado disse que a prisão de Silva só aconteceu terça-feira depois que o mandado de prisão temporária foi expedido. "Mas ainda temos algumas questões que precisam ser respondidas, por isso faremos a reconstituição do crime", afirmou Gonçalves.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Polícia prende farmacêutico que confessou ter matado jovem

Juliana Ravelli
Do Diário do Grande ABC

05/02/2009 | 07:00


O farmacêutico Antônio Flavio dos Santos Silva, 27 anos, foi preso no Parque Novo Oratório, em Santo André, por policiais da Delegacia de Homicídios. Ele teria confessado, no último dia 21, que teria matado a facadas o jovem José Manoel Paes Barreto, 19, em outubro do ano passado, no Jardim Guaraciaba.

 Barreto, que era homossexual, conheceu o farmacêutico em uma sala de bate-papo na internet. Depois de trocar alguns e-mails, combinaram de se encontrar. Segundo o depoimento de Silva, eles se encontraram apenas uma vez e Barreto começou a pressioná-lo, pedindo que ele rompesse seu casamento.

            As brigas se tornaram constantes e o farmacêutico resolveu terminar o relacionamento. "Eles marcaram de se encontrar no terminal de São Matheus, em São Paulo, no dia da eleição (5 de outubro). De lá, vieram discutindo até Santo André. O autor já havia premeditado o crime, pois saiu de casa com uma faca. Deu a primeira facada nas costas", explicou o delegado Marco Aurélio Gonçalves, responsável pela Delegacia de Homicídios. O corpo do jovem só foi localizado no dia seguinte, com 34 marcas de facadas e sem os dois globos oculares.

 O delegado disse que a prisão de Silva só aconteceu terça-feira depois que o mandado de prisão temporária foi expedido. "Mas ainda temos algumas questões que precisam ser respondidas, por isso faremos a reconstituição do crime", afirmou Gonçalves.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;