Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 21 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Em situações opostas, Verdão recebe Timão

Anfitriões estão invictos há oito jogos, enquanto rival estreia Jair Ventura


Anderson Fattori

09/09/2018 | 07:00


Só pela história que construíram, Palmeiras contra Corinthians é sempre jogo diferente, para muitos torcedores o mais importante do campeonato. O de hoje, às 16h, no Allianz Parque, pelo Brasileirão, é ainda mais especial. Será o primeiro de Felipão após o retorno ao Verdão e a estreia de Jair Ventura no Timão – ele substitui Osmar Loss, que volta a ser auxiliar.

Em grande fase, invicto há oito rodadas, o Palmeiras se dá ao luxo de usar equipe alternativa no clássico. A confiança é tanta que Felipão estuda escalar até mesmo jovens das categorias de base no duelo. Nos últimos treinos, o volante Gabriel Furtado, 18 anos, e o atacante Papagaio, 19, foram testados nas vagas de Bruno Henrique e Borja, ambos com dores na panturrilha direita. O lateral-direito Mayke e o atacante Willian, com desgaste físico, devem ser poupados do duelo.

Além da rivalidade, ainda é latente tudo que aconteceu entre os clubes na final do Campeonato Paulista – o Palmeiras luta na Justiça para provar que houve interferência externa em lance de pênalti de Ralf em Dudu. O zagueiro Luan, que deve ser outra novidade na escalação, pediu ao grupo para esquecer o assunto. “É questão da diretoria, a gente não pode carregar isso para sempre, porque querendo ou não isso pode ficar no nosso subconsciente”, comentou o jogador.

Do outro lado, o Corinthians vive situação exatamente oposta a do rival. Em má fase e cercado de desconfiança, a diretoria aposta que Jair Ventura possa dar mais organização ao time. Ele chegou sexta-feira e já vai estar na beirada do gramado. “A resposta do grupo já foi muito boa. Está todo mundo incomodado e isso é bom. Conversamos e todo mundo entende a situação”, disse o treinador.

No treino de ontem, Jair Ventura escalou a equipe, com retorno de Cássio no gol e a confirmação de Danilo Avelar na lateral-esquerda – ele era dúvida, com dores musculares. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Em situações opostas, Verdão recebe Timão

Anfitriões estão invictos há oito jogos, enquanto rival estreia Jair Ventura

Anderson Fattori

09/09/2018 | 07:00


Só pela história que construíram, Palmeiras contra Corinthians é sempre jogo diferente, para muitos torcedores o mais importante do campeonato. O de hoje, às 16h, no Allianz Parque, pelo Brasileirão, é ainda mais especial. Será o primeiro de Felipão após o retorno ao Verdão e a estreia de Jair Ventura no Timão – ele substitui Osmar Loss, que volta a ser auxiliar.

Em grande fase, invicto há oito rodadas, o Palmeiras se dá ao luxo de usar equipe alternativa no clássico. A confiança é tanta que Felipão estuda escalar até mesmo jovens das categorias de base no duelo. Nos últimos treinos, o volante Gabriel Furtado, 18 anos, e o atacante Papagaio, 19, foram testados nas vagas de Bruno Henrique e Borja, ambos com dores na panturrilha direita. O lateral-direito Mayke e o atacante Willian, com desgaste físico, devem ser poupados do duelo.

Além da rivalidade, ainda é latente tudo que aconteceu entre os clubes na final do Campeonato Paulista – o Palmeiras luta na Justiça para provar que houve interferência externa em lance de pênalti de Ralf em Dudu. O zagueiro Luan, que deve ser outra novidade na escalação, pediu ao grupo para esquecer o assunto. “É questão da diretoria, a gente não pode carregar isso para sempre, porque querendo ou não isso pode ficar no nosso subconsciente”, comentou o jogador.

Do outro lado, o Corinthians vive situação exatamente oposta a do rival. Em má fase e cercado de desconfiança, a diretoria aposta que Jair Ventura possa dar mais organização ao time. Ele chegou sexta-feira e já vai estar na beirada do gramado. “A resposta do grupo já foi muito boa. Está todo mundo incomodado e isso é bom. Conversamos e todo mundo entende a situação”, disse o treinador.

No treino de ontem, Jair Ventura escalou a equipe, com retorno de Cássio no gol e a confirmação de Danilo Avelar na lateral-esquerda – ele era dúvida, com dores musculares. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;