Fechar
Publicidade

Domingo, 16 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Didi Mocó completa 50 anos

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Kelly Zucatelli
Do Diário do Grande ABC

19/11/2010 | 07:20


O especial de fim de ano do programa 'Aventuras do Didi', da TV Globo, terá toque especial neste ano. O personagem vivido por Renato Aragão, 75 anos, completa 50 anos como ícone do humor da televisão brasileira. E para marcar a memória e abrir portas para que outros humoristas tenham homenagem semelhante, a emissora preparou um programa que vai ao ar no dia 22 de dezembro, após a novela 'Passione', sobre a vida do humorista, natural de Sobral, no Ceará, que chegou em terras cariocas com um pequeno desafio de ganhar alguns trocados e virou referência.

Intitulado 'Eu Sou Renato Aragão - 50 Anos', de direção de Teresa Lampreia e Jaime Monjardim, retratará com dramaturgia alguns episódios da vida de Aragão, com depoimentos de familiares de Sobral e amigos. A atração terá a participação especial do ator Vinícius Oliveira, que viverá Renato Aragão entre a adolescência e vida adulta.

Para fechar um mês de trabalhos da produção do especial, que começou com entrevista de Renato Aragão à jornalista Patrícia Poeta, os diretores fizeram gravação surpresa com o comediante anteontem, na Basílica de Nossa Senhora Aparecida (SP). O humorista foi surpreendido por dezenas de fiéis, família e amigos, que o aguardavam em frente ao altar decorado com uma grande imagem de Nossa Senhora Aparecida, santa pela qual Aragão tem devoção. Entre os presentes estavam a mulher, Lilian, os filhos Livian, Juliana, Renato Júnior, Paulo Renato, a irmã, Ivete Aragão, 82 anos, e o padre Hewaldo Trevisan.

Emocionado, Aragão comentou a devoção que em 1999 o fez percorrer 150 quilômetros, do Rio de Janeiro até Aparecida do Norte. Lembrou das dificuldades no início da carreira e definiu Didi Mocó: "É uma verdadeira criança. Extravaso no personagem o meu lado divertido, pois não parece, mas sou uma pessoa tímida", disse.

A lembrança dos amigos da época dos 'Trapalhões' que já morreram é o único momento em que o artista demonstra tristeza nestes 50 anos do personagem. "O público pode esperar muita emoção sobre a história desse nome importante da televisão. Vocês sabem que o Renato já sofreu acidente de avião em que várias pessoas morreram e ele sobreviveu?", instigou o diretor Jaime Monjardim sobre o conteúdo do especial.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Didi Mocó completa 50 anos

Kelly Zucatelli
Do Diário do Grande ABC

19/11/2010 | 07:20


O especial de fim de ano do programa 'Aventuras do Didi', da TV Globo, terá toque especial neste ano. O personagem vivido por Renato Aragão, 75 anos, completa 50 anos como ícone do humor da televisão brasileira. E para marcar a memória e abrir portas para que outros humoristas tenham homenagem semelhante, a emissora preparou um programa que vai ao ar no dia 22 de dezembro, após a novela 'Passione', sobre a vida do humorista, natural de Sobral, no Ceará, que chegou em terras cariocas com um pequeno desafio de ganhar alguns trocados e virou referência.

Intitulado 'Eu Sou Renato Aragão - 50 Anos', de direção de Teresa Lampreia e Jaime Monjardim, retratará com dramaturgia alguns episódios da vida de Aragão, com depoimentos de familiares de Sobral e amigos. A atração terá a participação especial do ator Vinícius Oliveira, que viverá Renato Aragão entre a adolescência e vida adulta.

Para fechar um mês de trabalhos da produção do especial, que começou com entrevista de Renato Aragão à jornalista Patrícia Poeta, os diretores fizeram gravação surpresa com o comediante anteontem, na Basílica de Nossa Senhora Aparecida (SP). O humorista foi surpreendido por dezenas de fiéis, família e amigos, que o aguardavam em frente ao altar decorado com uma grande imagem de Nossa Senhora Aparecida, santa pela qual Aragão tem devoção. Entre os presentes estavam a mulher, Lilian, os filhos Livian, Juliana, Renato Júnior, Paulo Renato, a irmã, Ivete Aragão, 82 anos, e o padre Hewaldo Trevisan.

Emocionado, Aragão comentou a devoção que em 1999 o fez percorrer 150 quilômetros, do Rio de Janeiro até Aparecida do Norte. Lembrou das dificuldades no início da carreira e definiu Didi Mocó: "É uma verdadeira criança. Extravaso no personagem o meu lado divertido, pois não parece, mas sou uma pessoa tímida", disse.

A lembrança dos amigos da época dos 'Trapalhões' que já morreram é o único momento em que o artista demonstra tristeza nestes 50 anos do personagem. "O público pode esperar muita emoção sobre a história desse nome importante da televisão. Vocês sabem que o Renato já sofreu acidente de avião em que várias pessoas morreram e ele sobreviveu?", instigou o diretor Jaime Monjardim sobre o conteúdo do especial.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;