Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 31 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Santos se despede da Sul-Americana


Marco Borba
Do Diário do Grande ABC

19/08/2010 | 00:19


O sonho da tríplice coroa do Santos (conquistou o Paulistão e Copa do Brasil) só poderá ser realizado agora se vencer o Brasileirão. Mesmo com a vitória por 1 a 0 sobre o Avaí ontem, em Florianópolis, o Peixe foi eliminado da Copa Sul-Americana. O Alvinegro santista precisava de três gols. Os catarinenses vão enfrentar o Emelec (Equador) ou Universidad San Martín (Peru) nas oitavas.

Apesar do clima decisivo, o meia-atacante Marquinhos teve o nome gritado em coro pela torcida catarinense. O jogador foi um dos destaques do time na conquista do acesso à Série A do Brasileiro em 2008.

Em casa e empurrado pelos torcedores, o Avaí se lançou logo à frente na tentativa de ampliar a vantagem (3 a 1) conquistada na primeira partida, em São Paulo. Aos 30 segundo, Patric disparou pela direita, deixou Léo para trás, e soltou a bomba. Rafael teve de esticar o braço e evitar o gol.

A equipe de Antônio Lopes deu espaços para usar o contra-ataque e, aos 14, teve a segunda chance. Lançado entre os zagueiros, Rudnei tocou na saída de Rafael, mas Edu Dracena salvou em cima da linha.

Inicialmente o Peixe teve dificuldades para achar espaços, mas aos poucos se impôs e envolveu o adversário até abrir o marcador com Zé Eduardo, aos 23 minutos, após toque de calcanhar de Marquinhos. Mas foi só. Aos 38, a zaga santista voltou a dar espaço, Robinho se projetou pela direita e jogou na área.Davi mergulhou de cabeça e Rafael evitou o empate ao desviar a escanteio.

Na etapa complementar, o Avaí apertou mais a marcação e se lançou ao ataque para evitar que o Peixe retomasse o ânimo para buscar os dois gols que faltavam para a classificação.

O bombardeio à meta santista foi intenso. Aos sete, Robinho teve espaço e disparou. Rafael evitou o pior ao mandar a escanteio. Dorival Júnior mexeu no time e reforçou o ataque, mas não colocou Keirrison, que estava no banco. A mexida não surtiu efeito.

O time continuou sem criação e o Avaí ainda teve outra boa chances de empatar, aos 39 minutos, em jogada de Sávio que Rafael defendeu com os pés.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;