Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 20 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

De olho em premiação maior, Flamengo enfrenta o Santos pela vice-liderança



27/11/2016 | 07:10


Fora da briga pelo título do Campeonato Brasileiro, o Flamengo tem novo objetivo para a reta final do torneio. Em busca da vice-liderança, o time rubro-negro recebe o Santos, neste domingo, às 17 horas, no estádio do Maracanã, no Rio, pela 37.ª e penúltima rodada. Desde a reabertura do principal palco do futebol carioca, a equipe do técnico Zé Ricardo ainda não venceu nos três jogos que disputou.

Com apenas uma vitória em seis jogos, o Flamengo é o terceiro colocado com 67 pontos, um a menos que o Santos, o segundo. O time paulista é o único que ainda pode superar o Palmeiras, líder da competição com 74 pontos, que enfrenta a Chapecoense, no estádio Allianz Parque, em São Paulo, no mesmo horário.

Na comparação com o terceiro colocado, o vice-campeão receberá R$ 3,4 milhões a mais, motivo pelo qual a diretoria quer uma vitória contra o Santos. Por ser também o último jogo no Maracanã, um triunfo aliviaria a situação de Zé Ricardo, que renovou contrato com o clube, mas que tem recebido críticas pela queda de rendimento do time no momento decisivo do Brasileirão.

Apesar da premiação maior, o treinador prefere ressaltar a importância técnica de terminar em segundo. "O aspecto financeiro tem influência, mas a questão não se resume a isso. É uma forma de terminar o ano, dignificar a nossa campanha e dar ao nosso torcedor uma boa perspectiva para o ano que vem. A segunda colocação é uma posição bastante honrosa", disse.

Para a partida de despedida do Maracanã na temporada, o técnico tem apenas uma dúvida. Com desconforto muscular, o meia Gabriel não participou dos treinamentos com o time durante a semana e deve ficar no banco de reservas. Sem o jogador, a dúvida fica entre Fernandinho e Alan Patrick, dois atletas que não devem permanecer no clube. O primeiro retorna de empréstimo para o Grêmio e o segundo para o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

De olho em premiação maior, Flamengo enfrenta o Santos pela vice-liderança


27/11/2016 | 07:10


Fora da briga pelo título do Campeonato Brasileiro, o Flamengo tem novo objetivo para a reta final do torneio. Em busca da vice-liderança, o time rubro-negro recebe o Santos, neste domingo, às 17 horas, no estádio do Maracanã, no Rio, pela 37.ª e penúltima rodada. Desde a reabertura do principal palco do futebol carioca, a equipe do técnico Zé Ricardo ainda não venceu nos três jogos que disputou.

Com apenas uma vitória em seis jogos, o Flamengo é o terceiro colocado com 67 pontos, um a menos que o Santos, o segundo. O time paulista é o único que ainda pode superar o Palmeiras, líder da competição com 74 pontos, que enfrenta a Chapecoense, no estádio Allianz Parque, em São Paulo, no mesmo horário.

Na comparação com o terceiro colocado, o vice-campeão receberá R$ 3,4 milhões a mais, motivo pelo qual a diretoria quer uma vitória contra o Santos. Por ser também o último jogo no Maracanã, um triunfo aliviaria a situação de Zé Ricardo, que renovou contrato com o clube, mas que tem recebido críticas pela queda de rendimento do time no momento decisivo do Brasileirão.

Apesar da premiação maior, o treinador prefere ressaltar a importância técnica de terminar em segundo. "O aspecto financeiro tem influência, mas a questão não se resume a isso. É uma forma de terminar o ano, dignificar a nossa campanha e dar ao nosso torcedor uma boa perspectiva para o ano que vem. A segunda colocação é uma posição bastante honrosa", disse.

Para a partida de despedida do Maracanã na temporada, o técnico tem apenas uma dúvida. Com desconforto muscular, o meia Gabriel não participou dos treinamentos com o time durante a semana e deve ficar no banco de reservas. Sem o jogador, a dúvida fica entre Fernandinho e Alan Patrick, dois atletas que não devem permanecer no clube. O primeiro retorna de empréstimo para o Grêmio e o segundo para o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;