Fechar
Publicidade

Domingo, 23 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

General diz que Maluf pediu para matar Tancredo


Do Diário OnLine
Com Agências

01/02/2005 | 09:35


O general Newton Cruz, comandante militar do Palácio do Planalto quando Tancredo Neves foi eleito presidente de forma indireta, afirmou em entrevista à Rede Bandeirantes que o ex-prefeito Paulo Maluf lhe pediu que matasse Tancredo antes da votação do colégio eleitoral.

A declaração foi divulgada na noite de segunda-feira. Cruz afirmou que Maluf, que concorreu à presidência contra Tancredo, "pediu para matar" o oponente. O ex-prefeito de São Paulo negou a acusação e disse que processou o general.

Newton Cruz acredita que se aceitasse o pedido de Maluf, seria nomeado chefe do SNI (Serviço Nacional de Informação) em seu governo.

Tancredo acabou eleito pelo colégio eleitoral, mas morreu no dia 21 de abril de 1985, antes de tomar posse. Seu vice, José Sarney, se tornou o primeiro presidente civil desde 1964.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

General diz que Maluf pediu para matar Tancredo

Do Diário OnLine
Com Agências

01/02/2005 | 09:35


O general Newton Cruz, comandante militar do Palácio do Planalto quando Tancredo Neves foi eleito presidente de forma indireta, afirmou em entrevista à Rede Bandeirantes que o ex-prefeito Paulo Maluf lhe pediu que matasse Tancredo antes da votação do colégio eleitoral.

A declaração foi divulgada na noite de segunda-feira. Cruz afirmou que Maluf, que concorreu à presidência contra Tancredo, "pediu para matar" o oponente. O ex-prefeito de São Paulo negou a acusação e disse que processou o general.

Newton Cruz acredita que se aceitasse o pedido de Maluf, seria nomeado chefe do SNI (Serviço Nacional de Informação) em seu governo.

Tancredo acabou eleito pelo colégio eleitoral, mas morreu no dia 21 de abril de 1985, antes de tomar posse. Seu vice, José Sarney, se tornou o primeiro presidente civil desde 1964.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;