Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 26 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Rede social pode divulgar festivais para milhares


Da AFP

18/11/2009 | 07:00


A América Latina pode ampliar significativamente a distribuição gratuita de filmes apresentados em seus festivais de cinema com um sistema testado este mês em São Paulo, indicou o produtor argentino Eduardo Costantini.

Mais de 17.000 pessoas em mais de 160 cidades do Brasil puderam desfrutar em novembro da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, assistindo gratuitamente aos filmes através do site www.Theauteurs.Com, criado há dois anos.

"Fizemos um acordo pelo qual o site TheAuteurs e o festival de São Paulo abriram a possibilidade de ver as produções on-line de forma gratuita enquanto o festival acontecia", explicou Costantini.

A ‘sala de cinema streaming', aberta a todo o território do Brasil, apresentou 30 produções, que o público pôde assistir a quilômetros de distância das salas de exibição paulistanas, sem sair de casa. Depois do sucesso da iniciativa, Costantini disse que está disposto a ampliar o projeto para outros festivais da região.

"Gostaríamos de fazer a mesma coisa com outros festivais, como o de Guadalajara ou o Festival Argentino de Cinema Independente (BAFICI)", comentou o produtor. "Queremos despertar o interesse de México, Colômbia e Argentina."

Criado em 2007 por Costantini e pelo empresário turco Efe Cakarel, o TheAuteurs se transformou também em uma rede social de pessoas interessadas em cinema de qualidade. Além de ter acesso aos filmes, os usuários trocam comentários, expõem suas preferências e publicam dados.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Rede social pode divulgar festivais para milhares

Da AFP

18/11/2009 | 07:00


A América Latina pode ampliar significativamente a distribuição gratuita de filmes apresentados em seus festivais de cinema com um sistema testado este mês em São Paulo, indicou o produtor argentino Eduardo Costantini.

Mais de 17.000 pessoas em mais de 160 cidades do Brasil puderam desfrutar em novembro da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, assistindo gratuitamente aos filmes através do site www.Theauteurs.Com, criado há dois anos.

"Fizemos um acordo pelo qual o site TheAuteurs e o festival de São Paulo abriram a possibilidade de ver as produções on-line de forma gratuita enquanto o festival acontecia", explicou Costantini.

A ‘sala de cinema streaming', aberta a todo o território do Brasil, apresentou 30 produções, que o público pôde assistir a quilômetros de distância das salas de exibição paulistanas, sem sair de casa. Depois do sucesso da iniciativa, Costantini disse que está disposto a ampliar o projeto para outros festivais da região.

"Gostaríamos de fazer a mesma coisa com outros festivais, como o de Guadalajara ou o Festival Argentino de Cinema Independente (BAFICI)", comentou o produtor. "Queremos despertar o interesse de México, Colômbia e Argentina."

Criado em 2007 por Costantini e pelo empresário turco Efe Cakarel, o TheAuteurs se transformou também em uma rede social de pessoas interessadas em cinema de qualidade. Além de ter acesso aos filmes, os usuários trocam comentários, expõem suas preferências e publicam dados.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;