Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Anac: demanda se recupera pelo 3º mês seguido em agosto e Azul se equipara à Gol



18/09/2020 | 20:24


A demanda por voos no mercado doméstico do Brasil (medida em passageiros quilômetros pagos, RPK) apresentou queda de 67,5% em agosto na comparação com igual mês de 2019. Os dados são da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), divulgados em relatório mensal nesta sexta-feira, 18. Apesar da queda, a agência destacou que o setor mostrou recuperação pelo terceiro mês consecutivo, depois do pior da crise, em abril.

A oferta de voos no mercado doméstico (calculada em assentos/quilômetros ofertados, ASK) apresentou queda de 64,6% no mês na comparação anual. Já a carga transportada, de 24.718 toneladas, apresentou queda de 34,5%.

A ocupação das aeronaves fechou o mês em 75,8% no mercado doméstico, queda de 8% na comparação com agosto de 2019. Em número de passageiros, foram transportados 2,19 milhões, queda de 72,1% na comparação anual.

Na participação das companhias, a Azul se aproximou da Gol e agora tem 35,4% do mercado do País (medido pelo total de passageiros pagos), contra 35,5% da rival. A Latam figurou com 28,2%. Em janeiro, por exemplo, antes da crise, a Gol tinha 36,9% do mercado doméstico, Latam 35,2% e Azul 27,2%.

Apesar da recuperação no mercado doméstico, o cenário internacional ainda é desafiador. A demanda apresentou queda de 92,1% no mês, enquanto a oferta recuou 82,2%.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Anac: demanda se recupera pelo 3º mês seguido em agosto e Azul se equipara à Gol


18/09/2020 | 20:24


A demanda por voos no mercado doméstico do Brasil (medida em passageiros quilômetros pagos, RPK) apresentou queda de 67,5% em agosto na comparação com igual mês de 2019. Os dados são da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), divulgados em relatório mensal nesta sexta-feira, 18. Apesar da queda, a agência destacou que o setor mostrou recuperação pelo terceiro mês consecutivo, depois do pior da crise, em abril.

A oferta de voos no mercado doméstico (calculada em assentos/quilômetros ofertados, ASK) apresentou queda de 64,6% no mês na comparação anual. Já a carga transportada, de 24.718 toneladas, apresentou queda de 34,5%.

A ocupação das aeronaves fechou o mês em 75,8% no mercado doméstico, queda de 8% na comparação com agosto de 2019. Em número de passageiros, foram transportados 2,19 milhões, queda de 72,1% na comparação anual.

Na participação das companhias, a Azul se aproximou da Gol e agora tem 35,4% do mercado do País (medido pelo total de passageiros pagos), contra 35,5% da rival. A Latam figurou com 28,2%. Em janeiro, por exemplo, antes da crise, a Gol tinha 36,9% do mercado doméstico, Latam 35,2% e Azul 27,2%.

Apesar da recuperação no mercado doméstico, o cenário internacional ainda é desafiador. A demanda apresentou queda de 92,1% no mês, enquanto a oferta recuou 82,2%.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;