Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 20 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Câmara de São Bernardo aprova relatório final da CPI da Transpetro

Claudinei Plaza/ DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Documento evita polêmica, diferentemente da CPI da OAS; presidente e relator citam avanços


Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

09/09/2021 | 00:01


A Câmara de São Bernardo aprovou por unanimidade o relatório final da CPI da Transpetro, instalada neste ano para apurar a atuação da empresa na cidade, em especial denúncias de falta de zeladoria em áreas por onde passam os dutos da companhia na periferia do município.

Diferentemente da CPI da OAS, que pediu indiciamento de personagens da política local, a comissão presidida por Ivan Silva (PP) e relatada por Eduardo Tudo Azul (PSDB) chegou ao fim com recomendações à Transpetro, firma responsável pelo transporte e pela logística de combustíveis da Petrobras. Tanto Ivan quanto Eduardo relataram que houve avanços na relação já no curso dos trabalhos, o que evitou qualquer medida mais drástica.


Ivan é presidente do bloco/ Foto: Claudinei Plaza/DGABC

“As principais reclamações recaíam na falta de zelo, de cuidado, das áreas da Transpetro. Como são áreas da empresa, a Prefeitura não podia intervir. Por isso, era comum ver mato alto e lixo acumulado nos terrenos. A população não tinha nem como reclamar, porque nenhum canal de reclamação estava à disposição. A CPI agiu no sentido de cobrar, propôr soluções e já colher resultados”, disse Ivan. “Um exemplo foi um número de telefone, com WhatsApp, que moradores podem acionar quando os problemas surgirem”, emendou.

As principais áreas afetadas eram Vila São Pedro, Jardim Limpão e Jardim Silvina, reduto eleitoral de Ivan. Líder do governo Orlando Morando (PSDB) na Câmara, o progressista citou ainda que era comum relato de furtos de produtos, uma vez que os dutos transportam nafta e combustível automotivo.

Relator, Eduardo Tudo Azul incluiu no relatório uma sugestão à Prefeitura com relação a um passivo que a Transpetro acumulou junto ao município. “Detectamos que a Transpetro deve cerca de R$ 280 mil para a cidade. E esse valor só chegou porque as empresas de grande porte deixam de cuidar de suas áreas e recebem multas de pequena quantia. A indicação é para aumentar os valores, para desencorajar essas empresas a manter o cenário atual”, disse. “Também pedimos à Transpetro aumento da fiscalização, com câmeras e mais funcionários.” 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;