Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 16 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Sto.André será referência, avalia Police

Claudinei Plaza/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Ex-vereador da Capital, novo titular de Planejamento fala em ser garçom de soluções a Paulo Serra; entre temas, cita habitação e precatórios


Fabio Martins
Do Diário do Grande ABC

14/01/2021 | 01:39


Escolhido pelo prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), para assumir a superintendência da Unidade de Planejamento e Assuntos Estratégicos, o ex-vereador paulistano José Police Neto (PSD) traçou que a cidade irá recuperar protagonismo de ser referência nacional no quesito de exportar projetos bem sucedidos. “Vou ser o cara da inovação.” Em entrevista ao Diário, o pessedista refutou a tese de forasteiro, apontado àqueles que vêm de fora, e sustentou que conhece os principais problemas do município e do Grande ABC diante de estudo in loco na Região Metropolitana de São Paulo.

“Estudei a Região Metropolitana nos últimos 20 anos. É questão que esteve inserida no meu patrimônio de vida. Por isso, vim muito para o Grande ABC, Santo André, principalmente, Guarulhos, Mogi das Cruzes e Osasco. As disputas políticas que aconteceram aqui, por exemplo, permitiam diálogo mais atrevido para quem é de fora. Devido a isso, me sinto muito pouco forasteiro. Já vim para cá de bicicleta, ônibus, carro, trem, Metrô. Na verdade, quando se está em área estratégica para ser garçom, até acho que a leitura do forasteiro pode ser positiva, alguém que rodou o mundo (como delegado da ONU) e pode trazer o que outros países têm de experiência. Adaptar o que o mundo acertou e evitar repetição de erros”, pontuou o ex-parlamentar.

Para o pessedista, o fato de Paulo Serra ter obtido adesão de quase 77% dos votos válidos na eleição de novembro confere a ele “valor muito grande”. “Sarrafo foi lá em cima. Passar não é tão simples. Teremos que ser muito mais competentes.” Police disse que Santo André não ficará a reboque da Capital no mandato. “Depois da morte do Celso (Daniel, em 2002) a cidade não encontrou seu líder até a eleição do Paulo Serra e, talvez, tivesse dúvida se era ele na primeira (em 2016). A segunda mostrou que ele é um líder. Neste período, a cidade tinha prefeito, mas não líder. Santo André, em certo momento, inspirou. Tem debate nacional, no Senado, sobre o marco das startups, que vai permitir novos arranjos, recepção da indústria 4.0. O prefeito vai a Brasília para discussão.”

O ex-vereador já exerceu posto de secretário de Participação e Parceria na gestão Gilberto Kassab (PSD). Prevê grandes desafios, a exemplo na mobilidade, habitação e precatórios. “Venho para oferecer cardápio de soluções reais, oferecer alternativas para enfrentar problemas velhos”, alegou. “Política na habitação não pode ser mais oferecer casa subsidiada do jeito que foi. Precisamos voltar a ser referência nacional. Consigo testar mais rapidamente modelo de locação e serviço de moradia social do que em São Paulo.” Em relação aos débitos judiciais, ele falou em avaliar plano de cruzar o passivo com dívida ativa, hoje em R$ 2,3 bilhões. “Mais do que na hora de criar ambiente em que esses dois possam dialogar sem eu estar no meio. São Paulo e outros municípios já fizeram.”

Police rechaçou uso do posto para alçar eventual candidatura a deputado em 2022 e minimizou o revés eleitoral. Ele registrou 21,6 mil votos no pleito de São Paulo, ficando na condição de primeiro suplente do partido – foram quatro mandatos consecutivos. “Pela quinta vez fiquei entre os 50 mais votados. Por obra do acaso, não deu coeficiente eleitoral. Fui cinco vezes candidato a vereador, nas cinco fiquei entre os 50 mais votados. São 55 cadeiras. Tem nove eleitos com menos votados que eu. A população, por assim dizer, me escolheu. Isso me diminui? Nada. Se tivesse (encolhido politicamente), o Paulinho não teria me convidado para vir para cá.” 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;