Fechar
Publicidade

Sábado, 19 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Santo André comemora
retorno ao Bruno Daniel

No Estádio Hermínio Ometto, em Araras, equipe não foi além
de três empates; time está próximo da zona de rebaixamento


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

30/07/2012 | 07:00


Satisfatório. Desta forma, comissão técnica, jogadores e diretoria consideram o desempenho do Santo André nos três confrontos realizados no Estádio Hermínio Ometto, em Araras. Cumprindo punição do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, o Ramalhão teve de recorrer às portas abertas do parceiro União São João para mandar os jogos iniciais do Brasileiro da Série C. Mas, com três empates e bastante desgastado, o time festeja volta ao Bruno Daniel.

Ainda invicta no Grupo B após uma vitória (contra o Brasiliense, fora de casa) e quatro empates (Chapecoense, Vila Nova, Madureira e Oeste), a equipe, por outro lado, paga o preço por não ter vencido jogos como mandante e está próxima da zona de rebaixamento - é sétima colocada, com sete pontos. E os jogadores têm justificativa pelo desempenho não tão positivo em Araras.

"Quer queira ou não, as medidas do gramado são maiores, são quase 200 quilômetros de viagem (para ir). Então é quase um campo neutro", afirmou o goleiro Marcelo Bonan, que não vê a hora de reestrear no Brunão, o que está previsto para o dia 11, contra o Caxias, pela sétima rodada. "Faz muita falta jogar aqui. Estamos acostumados e o adversário vem com pensamento diferente, afinal treinamos no Bruno. Todos estão mais adaptados, sabem das dimensões, o que dá mais confiança."

O arqueiro, inclusive, utilizou situação semelhante vivida no Estadual para ilustrar a falta que faz o estádio andreense. "Na Série A-2 (do Paulista), por exemplo, só jogamos em casa os três últimos jogos. Conquistamos duas vitórias e um empate", concluiu Bonan.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Santo André comemora
retorno ao Bruno Daniel

No Estádio Hermínio Ometto, em Araras, equipe não foi além
de três empates; time está próximo da zona de rebaixamento

Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

30/07/2012 | 07:00


Satisfatório. Desta forma, comissão técnica, jogadores e diretoria consideram o desempenho do Santo André nos três confrontos realizados no Estádio Hermínio Ometto, em Araras. Cumprindo punição do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, o Ramalhão teve de recorrer às portas abertas do parceiro União São João para mandar os jogos iniciais do Brasileiro da Série C. Mas, com três empates e bastante desgastado, o time festeja volta ao Bruno Daniel.

Ainda invicta no Grupo B após uma vitória (contra o Brasiliense, fora de casa) e quatro empates (Chapecoense, Vila Nova, Madureira e Oeste), a equipe, por outro lado, paga o preço por não ter vencido jogos como mandante e está próxima da zona de rebaixamento - é sétima colocada, com sete pontos. E os jogadores têm justificativa pelo desempenho não tão positivo em Araras.

"Quer queira ou não, as medidas do gramado são maiores, são quase 200 quilômetros de viagem (para ir). Então é quase um campo neutro", afirmou o goleiro Marcelo Bonan, que não vê a hora de reestrear no Brunão, o que está previsto para o dia 11, contra o Caxias, pela sétima rodada. "Faz muita falta jogar aqui. Estamos acostumados e o adversário vem com pensamento diferente, afinal treinamos no Bruno. Todos estão mais adaptados, sabem das dimensões, o que dá mais confiança."

O arqueiro, inclusive, utilizou situação semelhante vivida no Estadual para ilustrar a falta que faz o estádio andreense. "Na Série A-2 (do Paulista), por exemplo, só jogamos em casa os três últimos jogos. Conquistamos duas vitórias e um empate", concluiu Bonan.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;