Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 4 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

É hora de voltar para a escola

Empresas buscam pessoas comprometidas com a carreira, portanto, com a educação contínua


Cíntia Bortotto

05/03/2012 | 00:00


Você já pensou em investir em você e retomar seus estudos? Com a velocidade das mudanças e a disponibilidade das informações, mais e mais conhecimento é produzido e estar atualizado faz parte das competências do bom profissional, seja de qual área for. As empresas buscam pessoas comprometidas com a carreira e, portanto, com a educação contínua.

Para iniciar um novo estudo, é necessário, em primeiro lugar, se organizar em termos orçamentários. No mês de março, já se passaram alguns gastos de início de ano que costumam pesar no bolso, como IPTU, IPVA, material escolar e uniformes. Outro ponto é que entre março e abril muitas empresas pagam participação nos resultados e bônus, portanto, é um bom momento para se organizar para um novo estudo.

E investir em educação é um bom investimento? Eu diria que é o melhor deles. Além da amplitude de visão que pode proporcionar infinitas possibilidades, temos pesquisas que comprovam que, a cada nível de escolaridade formal que você avança, seu salário tende a dobrar. Isso significa que investir em educação formal é investir na tendência de aumento salarial.

O caminho a escolher

Agora, como escolher o que devo fazer? Recentemente, perguntaram-me: ‘o que vale mais fazer o que gosta ou fazer o que fornece a melhor renda?’ Fazer o que você gosta pode lhe diferenciar tanto que a renda é consequência. Encontrei muitas pessoas em profissões que não são as tidas como “de boa renda” e que foram muito felizes por fazerem o que gostam e cresceram até mais do que as profissões tradicionais de médicos, advogados, engenheiros, dentistas, entre outras.

Por exemplo, conheço um marceneiro ótimo, o melhor que já vi. Ele ama sua profissão. É dedicado, atencioso, minucioso e entrega o móvel com uma qualidade impressionante. Ele acompanha o cliente após a entrega e faz a verificação do móvel de tempos em tempos. Ele não vende só o móvel, mas todo o serviço, cobra por isso e as pessoas pagam, pois querem o serviço total. Não tenho dúvidas de que ele ganha muito mais do que pessoas que fizeram mestrado e doutorado por aí, porque ele se diferenciou no que faz e buscou cursos mais técnicos. Fez cursos inclusive fora do País.

Por onde começar

Vamos às principais dicas para quem quer voltar a estudar:

1. Se você está no Ensino Médio, pode fazer orientação vocacional com um psicólogo. Converse com profissionais de todas as profissões que lhe agradam, compre o Guia do Estudante, é um material rico em informações e muito sério.

2. Se você já está trabalhando e cursando faculdade, comece pensar em desenvolver idiomas. Este item é mais importante do que uma pós-graduação. Faça primeiro inglês e depois espanhol, o terceiro idioma depende da área na qual você atua.

3. Se você já está trabalhando há algum tempo e precisa melhorar a liderança, busque treinamentos comportamentais. Eles começam a lhe fornecer base teórica para os comportamentos de um líder.

4. A educação formal não deve ser esquecida, de forma que, se você já está formado há 1 ou 2 anos, busque uma especialização com uma pós-graduação na sua área de atuação.

5. Você quer desenvolver rapidamente competências chave, então procure um coach, com formação séria em instituições credenciadas ao ICF (International Coach Federation). Normalmente são de dez a 12 sessões para desenvolver uma competência, com metodologia e foco.

6. Se você está começando a se expor em reuniões mais executivas, pois bem, para entender toda a terminologia dos negócios faça um MBA (Master Business Administration). Como o próprio nome diz, os que têm cunho voltado à administração e metodologias de gestão mais abrangentes normalmente são os que complementam melhor a formação do profissional.

7. Faça cursos de educação continuada, que servem para quem quer aprender sobre temas mais específicos; a FGV (Fundação Getulio Vargas) e a FIA (Fundação Instituto de Administração) oferecem bons temas para reflexão.

8. Organize-se financeiramente para qualquer curso que vá fazer. Para tanto, prepare-se com antecedência, negocie com a esposa ou marido se for o caso.

9. Guarde tempo na agenda. Além do tempo em sala de aula, reserve um período para as tarefas de casa, leituras e releituras. Sugiro que sempre tente fazer mini projetos para o que você está aprendendo, assim você coloca em prática.

10. Aproveite o espaço de estudos para networking. Este é um ótimo ambiente para estabelecer relações. Faça benchmarketing e troque cartões.

Aproveite para dar uma virada em sua carreira investindo em sua formação em 2012. Ainda dá tempo. Siga confiante e boa sorte!



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

É hora de voltar para a escola

Empresas buscam pessoas comprometidas com a carreira, portanto, com a educação contínua

Cíntia Bortotto

05/03/2012 | 00:00


Você já pensou em investir em você e retomar seus estudos? Com a velocidade das mudanças e a disponibilidade das informações, mais e mais conhecimento é produzido e estar atualizado faz parte das competências do bom profissional, seja de qual área for. As empresas buscam pessoas comprometidas com a carreira e, portanto, com a educação contínua.

Para iniciar um novo estudo, é necessário, em primeiro lugar, se organizar em termos orçamentários. No mês de março, já se passaram alguns gastos de início de ano que costumam pesar no bolso, como IPTU, IPVA, material escolar e uniformes. Outro ponto é que entre março e abril muitas empresas pagam participação nos resultados e bônus, portanto, é um bom momento para se organizar para um novo estudo.

E investir em educação é um bom investimento? Eu diria que é o melhor deles. Além da amplitude de visão que pode proporcionar infinitas possibilidades, temos pesquisas que comprovam que, a cada nível de escolaridade formal que você avança, seu salário tende a dobrar. Isso significa que investir em educação formal é investir na tendência de aumento salarial.

O caminho a escolher

Agora, como escolher o que devo fazer? Recentemente, perguntaram-me: ‘o que vale mais fazer o que gosta ou fazer o que fornece a melhor renda?’ Fazer o que você gosta pode lhe diferenciar tanto que a renda é consequência. Encontrei muitas pessoas em profissões que não são as tidas como “de boa renda” e que foram muito felizes por fazerem o que gostam e cresceram até mais do que as profissões tradicionais de médicos, advogados, engenheiros, dentistas, entre outras.

Por exemplo, conheço um marceneiro ótimo, o melhor que já vi. Ele ama sua profissão. É dedicado, atencioso, minucioso e entrega o móvel com uma qualidade impressionante. Ele acompanha o cliente após a entrega e faz a verificação do móvel de tempos em tempos. Ele não vende só o móvel, mas todo o serviço, cobra por isso e as pessoas pagam, pois querem o serviço total. Não tenho dúvidas de que ele ganha muito mais do que pessoas que fizeram mestrado e doutorado por aí, porque ele se diferenciou no que faz e buscou cursos mais técnicos. Fez cursos inclusive fora do País.

Por onde começar

Vamos às principais dicas para quem quer voltar a estudar:

1. Se você está no Ensino Médio, pode fazer orientação vocacional com um psicólogo. Converse com profissionais de todas as profissões que lhe agradam, compre o Guia do Estudante, é um material rico em informações e muito sério.

2. Se você já está trabalhando e cursando faculdade, comece pensar em desenvolver idiomas. Este item é mais importante do que uma pós-graduação. Faça primeiro inglês e depois espanhol, o terceiro idioma depende da área na qual você atua.

3. Se você já está trabalhando há algum tempo e precisa melhorar a liderança, busque treinamentos comportamentais. Eles começam a lhe fornecer base teórica para os comportamentos de um líder.

4. A educação formal não deve ser esquecida, de forma que, se você já está formado há 1 ou 2 anos, busque uma especialização com uma pós-graduação na sua área de atuação.

5. Você quer desenvolver rapidamente competências chave, então procure um coach, com formação séria em instituições credenciadas ao ICF (International Coach Federation). Normalmente são de dez a 12 sessões para desenvolver uma competência, com metodologia e foco.

6. Se você está começando a se expor em reuniões mais executivas, pois bem, para entender toda a terminologia dos negócios faça um MBA (Master Business Administration). Como o próprio nome diz, os que têm cunho voltado à administração e metodologias de gestão mais abrangentes normalmente são os que complementam melhor a formação do profissional.

7. Faça cursos de educação continuada, que servem para quem quer aprender sobre temas mais específicos; a FGV (Fundação Getulio Vargas) e a FIA (Fundação Instituto de Administração) oferecem bons temas para reflexão.

8. Organize-se financeiramente para qualquer curso que vá fazer. Para tanto, prepare-se com antecedência, negocie com a esposa ou marido se for o caso.

9. Guarde tempo na agenda. Além do tempo em sala de aula, reserve um período para as tarefas de casa, leituras e releituras. Sugiro que sempre tente fazer mini projetos para o que você está aprendendo, assim você coloca em prática.

10. Aproveite o espaço de estudos para networking. Este é um ótimo ambiente para estabelecer relações. Faça benchmarketing e troque cartões.

Aproveite para dar uma virada em sua carreira investindo em sua formação em 2012. Ainda dá tempo. Siga confiante e boa sorte!

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;