Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 2 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Exército se prepara para deixar Serra Pelada


Do Diário OnLine

22/11/2002 | 15:45


Os cerca de 600 homens do Exército Brasileiro que ocuparam o garimpo de Serra Pelada (em Curionópolis, Pará) na quarta-feira passada devem deixar o local ainda nesta sexta-feira. Os soldados serão substituídos por policiais militares do Estado. Cerca 250 homens da Tropa de Choque, Grupo Tático e Cavalaria foram escalados para assumir o controle da tensão.

O Exército ocupou a região para evitar confrontos entre dois grupos de garimpeiros rivais. No último sábado, o presidente do Sindicato dos Garimpeiros de Curionópolis, Antonio Clênio Cunha Lemos, foi assassinado. Na terça-feira, o grupo liderado pelo prefeito Sebastião Curió aceitou a entrada na região da facção rival comandada por Raimundo Benigno. Os dois grupos disputam o domínio da extração de ouro em Serra Pelada.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Exército se prepara para deixar Serra Pelada

Do Diário OnLine

22/11/2002 | 15:45


Os cerca de 600 homens do Exército Brasileiro que ocuparam o garimpo de Serra Pelada (em Curionópolis, Pará) na quarta-feira passada devem deixar o local ainda nesta sexta-feira. Os soldados serão substituídos por policiais militares do Estado. Cerca 250 homens da Tropa de Choque, Grupo Tático e Cavalaria foram escalados para assumir o controle da tensão.

O Exército ocupou a região para evitar confrontos entre dois grupos de garimpeiros rivais. No último sábado, o presidente do Sindicato dos Garimpeiros de Curionópolis, Antonio Clênio Cunha Lemos, foi assassinado. Na terça-feira, o grupo liderado pelo prefeito Sebastião Curió aceitou a entrada na região da facção rival comandada por Raimundo Benigno. Os dois grupos disputam o domínio da extração de ouro em Serra Pelada.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;