Fechar
Publicidade

Domingo, 17 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Rio registra 95 mortes em 24h por covid-19; média de óbitos cai em julho

Fernando Crispim/Amazônia Real  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


14/08/2020 | 18:25


O Estado do Rio de Janeiro registrou 95 novos óbitos por covid-19 nas últimas 24 horas e mais 1.806 casos confirmados da doença, informou a secretaria estadual de Saúde. O Estado acumula um total de 14.507 mortes devido à pandemia até esta sexta-feira e 189.891 casos confirmados.

Segundo a secretaria, 1.102 óbitos estão sob investigação e 336 foram descartados. Entre os casos confirmados, 169.693 pacientes se recuperaram da doença.

Desde o pico da pandemia, na primeira quinzena de maio, o Estado do Rio tem registrado redução do número de novos óbitos diários por coronavírus. Comparando as semanas epidemiológicas 19 e 20, referentes ao período de 3 a 16 de maio, com as mais recentes, de número 29 e 30, entre os dias 12 e 25 de julho, a queda dos óbitos chega a 82,5%.

Enquanto há três meses ocorreram em média 258 mortes por dia decorrentes da covid-19, em julho foram 45 óbitos por dia, informou a secretaria.

Os dez municípios que registraram o maior número de óbitos foram Rio de Janeiro (8.799), São Gonçalo (612), Duque de Caxias (604), Nova Iguaçu (470), São João de Meriti (348), Niterói (325), Campos dos Goytacazes (260), Belford Roxo (232), Itaboraí (180) e Magé (174).

Os municípios com maiores números de pessoas contaminadas são Rio de Janeiro (79.865), Niterói (9.930), São Gonçalo (9.637), Duque de Caxias (6.695), Macaé (6.349), Nova Iguaçu (4.611), Volta Redonda (4.470), Angra dos Reis (4.199), Belford Roxo (3.686) e Itaboraí (3.600).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Rio registra 95 mortes em 24h por covid-19; média de óbitos cai em julho


14/08/2020 | 18:25


O Estado do Rio de Janeiro registrou 95 novos óbitos por covid-19 nas últimas 24 horas e mais 1.806 casos confirmados da doença, informou a secretaria estadual de Saúde. O Estado acumula um total de 14.507 mortes devido à pandemia até esta sexta-feira e 189.891 casos confirmados.

Segundo a secretaria, 1.102 óbitos estão sob investigação e 336 foram descartados. Entre os casos confirmados, 169.693 pacientes se recuperaram da doença.

Desde o pico da pandemia, na primeira quinzena de maio, o Estado do Rio tem registrado redução do número de novos óbitos diários por coronavírus. Comparando as semanas epidemiológicas 19 e 20, referentes ao período de 3 a 16 de maio, com as mais recentes, de número 29 e 30, entre os dias 12 e 25 de julho, a queda dos óbitos chega a 82,5%.

Enquanto há três meses ocorreram em média 258 mortes por dia decorrentes da covid-19, em julho foram 45 óbitos por dia, informou a secretaria.

Os dez municípios que registraram o maior número de óbitos foram Rio de Janeiro (8.799), São Gonçalo (612), Duque de Caxias (604), Nova Iguaçu (470), São João de Meriti (348), Niterói (325), Campos dos Goytacazes (260), Belford Roxo (232), Itaboraí (180) e Magé (174).

Os municípios com maiores números de pessoas contaminadas são Rio de Janeiro (79.865), Niterói (9.930), São Gonçalo (9.637), Duque de Caxias (6.695), Macaé (6.349), Nova Iguaçu (4.611), Volta Redonda (4.470), Angra dos Reis (4.199), Belford Roxo (3.686) e Itaboraí (3.600).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;