Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 17 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

População do Japão registra redução pela primeira vez na história


Da AFP

22/12/2005 | 13:07


Pela primeira vez na história do Japão, o país registrou uma queda na população em 2005, de acordo com o governo japonês. Neste ano, o número de falecimentos superou em 10 mil o número de nascimentos, possibilitando a primeira redução demográfica desde o começo dos censos, em 1899.

"Nosso país enfrenta atualmente uma mudança crucial em termos demográficos", declarou o ministro da Saúde, Jiro Kawasaki, em uma entrevista coletiva. Ele acrescentou que o governo terá que adotar medidas para combater a queda da natalidade e apoiar as futuras gerações.

Dessa maneira, o país se soma a Alemanha e Itália, duas das principais nações industrializadas do mundo, cujas populações começaram a diminuir.

No Japão, a educação dos filhos é uma tarefa exclusivamente materna, fato que incentiva muitas mulheres a renunciar à maternidade para tratar apenas da carreira profissional. Mesmo assim, há uma carência de medidas destinadas a promover a natalidade, segundo um relatório demográfico publicado recentemente.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

População do Japão registra redução pela primeira vez na história

Da AFP

22/12/2005 | 13:07


Pela primeira vez na história do Japão, o país registrou uma queda na população em 2005, de acordo com o governo japonês. Neste ano, o número de falecimentos superou em 10 mil o número de nascimentos, possibilitando a primeira redução demográfica desde o começo dos censos, em 1899.

"Nosso país enfrenta atualmente uma mudança crucial em termos demográficos", declarou o ministro da Saúde, Jiro Kawasaki, em uma entrevista coletiva. Ele acrescentou que o governo terá que adotar medidas para combater a queda da natalidade e apoiar as futuras gerações.

Dessa maneira, o país se soma a Alemanha e Itália, duas das principais nações industrializadas do mundo, cujas populações começaram a diminuir.

No Japão, a educação dos filhos é uma tarefa exclusivamente materna, fato que incentiva muitas mulheres a renunciar à maternidade para tratar apenas da carreira profissional. Mesmo assim, há uma carência de medidas destinadas a promover a natalidade, segundo um relatório demográfico publicado recentemente.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;