Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 6 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Adjunta de Marinho fica fora de licitação em São Caetano

André Henriques/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Gabriela Rocha foi cotada para comissão
julgadora para escolha de agência de publicidade


Gustavo Pinchiaro
Do Diário do Grande ABC

25/11/2014 | 07:00


A secretária adjunta da Pasta de Comunicação de São Bernardo, Gabriela Rocha, saiu do corpo técnico da licitação promovida pela Prefeitura de São Caetano para contratar agência de publicidade que gerenciará a conta municipal. O Diário revelou, no dia 13, que Gabriela havia sido indicada pela gestão de Luiz Marinho (PT) para analisar propostas no processo licitatório da cidade vizinha.

A composição da comissão julgadora escolhida especificamente para o certame foi definida ontem e será publicada no Diário Oficial hoje, com assinatura da a chefe da divisão de licitações, pregões e contratos da administração de São Caetano, Neusa Maria Sacchi. O governo de Paulo Pinheiro (PMDB) deixou de fora a comissionada do governo Marinho que esteve envolvida em concorrência que tinha objetivo idêntico no Consórcio Intermunicipal do Grande ABC.

Dos 11 nomes que haviam sido apresentados como possíveis integrantes da comissão julgadora da concorrência, apenas três foram mantidos, sendo dois servidores públicos de São Caetano e um do Paço de Mauá, administrado pelo petista Donisete Braga. A concorrência, que prevê custo anual de R$ 6,72 milhões com recursos para publicidade e propaganda, tem sessão de abertura dos envelopes com propostas das interessadas marcada para o dia 4.

De acordo com as regras do processo estabelecidas pelo edital lançado pelo Palácio da Cerâmica, o critério técnico será determinante para escolha da vencedora – terá peso quatro vezes maior do que preço. Segundo o artigo 9.2 da licitação, “o julgamento das propostas técnicas será realizado pela subcomissão técnica”.

No dia 13, o Diário mostrou que Gabriela já havia participado, na mesma função em que foi aventada pela Prefeitura de São Caetano, de outro processo licitatório envolvendo contrato milionário e que teve a Sotaque Brasil Publicidade e Propaganda como vencedora.

Detentora da conta do governo Marinho desde 2010 (tendo recebido R$ 62,3 milhões no período), a Sotaque já manifestou interesse no contrato em São Caetano, que poderá envolver valor global de R$ 33,6 milhões, caso seja prorrogado pelo período máximo, 60 meses – o edital permite renovações a cada 12 meses.

Diante da polêmica, o prefeito Paulo Pinheiro disse na semana passada que não tinha nenhuma objeção ao nome de Gabriela Rocha e que deixaria a decisão nas mãos da divisão de licitações.

A agência de propriedade de Oliveiros Domingos Marques Neto vai receber do Consórcio Intermunicipal R$ 9 milhões ao ano para desenvolver ações de propaganda com ênfase na campanha de divulgação do projeto Travessia Segura, que patina desde 2011 no colegiado de prefeitos. Neste processo, Gabriela foi responsável por analisar ofertas das licitantes interessadas na conta de marketing da entidade ao lado de mais duas pessoas. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Adjunta de Marinho fica fora de licitação em São Caetano

Gabriela Rocha foi cotada para comissão
julgadora para escolha de agência de publicidade

Gustavo Pinchiaro
Do Diário do Grande ABC

25/11/2014 | 07:00


A secretária adjunta da Pasta de Comunicação de São Bernardo, Gabriela Rocha, saiu do corpo técnico da licitação promovida pela Prefeitura de São Caetano para contratar agência de publicidade que gerenciará a conta municipal. O Diário revelou, no dia 13, que Gabriela havia sido indicada pela gestão de Luiz Marinho (PT) para analisar propostas no processo licitatório da cidade vizinha.

A composição da comissão julgadora escolhida especificamente para o certame foi definida ontem e será publicada no Diário Oficial hoje, com assinatura da a chefe da divisão de licitações, pregões e contratos da administração de São Caetano, Neusa Maria Sacchi. O governo de Paulo Pinheiro (PMDB) deixou de fora a comissionada do governo Marinho que esteve envolvida em concorrência que tinha objetivo idêntico no Consórcio Intermunicipal do Grande ABC.

Dos 11 nomes que haviam sido apresentados como possíveis integrantes da comissão julgadora da concorrência, apenas três foram mantidos, sendo dois servidores públicos de São Caetano e um do Paço de Mauá, administrado pelo petista Donisete Braga. A concorrência, que prevê custo anual de R$ 6,72 milhões com recursos para publicidade e propaganda, tem sessão de abertura dos envelopes com propostas das interessadas marcada para o dia 4.

De acordo com as regras do processo estabelecidas pelo edital lançado pelo Palácio da Cerâmica, o critério técnico será determinante para escolha da vencedora – terá peso quatro vezes maior do que preço. Segundo o artigo 9.2 da licitação, “o julgamento das propostas técnicas será realizado pela subcomissão técnica”.

No dia 13, o Diário mostrou que Gabriela já havia participado, na mesma função em que foi aventada pela Prefeitura de São Caetano, de outro processo licitatório envolvendo contrato milionário e que teve a Sotaque Brasil Publicidade e Propaganda como vencedora.

Detentora da conta do governo Marinho desde 2010 (tendo recebido R$ 62,3 milhões no período), a Sotaque já manifestou interesse no contrato em São Caetano, que poderá envolver valor global de R$ 33,6 milhões, caso seja prorrogado pelo período máximo, 60 meses – o edital permite renovações a cada 12 meses.

Diante da polêmica, o prefeito Paulo Pinheiro disse na semana passada que não tinha nenhuma objeção ao nome de Gabriela Rocha e que deixaria a decisão nas mãos da divisão de licitações.

A agência de propriedade de Oliveiros Domingos Marques Neto vai receber do Consórcio Intermunicipal R$ 9 milhões ao ano para desenvolver ações de propaganda com ênfase na campanha de divulgação do projeto Travessia Segura, que patina desde 2011 no colegiado de prefeitos. Neste processo, Gabriela foi responsável por analisar ofertas das licitantes interessadas na conta de marketing da entidade ao lado de mais duas pessoas. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;