Fechar
Publicidade

Domingo, 20 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Diadema amplia o Mais Educação

Ideia é que as atividades realizadas no contraturno escolar
sejam para estudantes de todas as faixas etárias do município


Natália Fernandjes
Do Diário do Grande ABC

09/03/2013 | 07:00


A partir do segundo semestre, a Prefeitura de Diadema começa a ampliar o programa do governo federal Mais Educação, existente na cidade desde 2009. A ideia é que as atividades realizadas no contraturno escolar sejam para estudantes de todas as faixas etárias, nas 55 escolas municipais. Hoje, cerca de 4.000 crianças com idade entre 6 e 8 anos participam do projeto.

O processo de complementação do programa, que ganhou outro nome - Cidade na Escola - começa pela ampliação da jornada das crianças nas unidades de oito para nove horas e pela realização das atividades culturais, esportivas, ambientais, de letramento e matemática de segunda a sexta-feira. Antes, o último dia útil da semana era dedicado a reuniões dos estagiários e professores participantes do projeto.

A partir de abril, pais de estudantes com 4 e 5 anos poderão realizar inscrições para o projeto nas 15 escolas já participantes. A ideia é que crianças com 3 anos de idade tenham aulas de canto e dança a partir do segundo semestre duas vezes por semana e, em 2014 a meta é atender alunos com 9 e 10 anos. "Temos 50 polos de atividades e vamos buscar parceiros para ampliar os espaços disponíveis", explica o secretário de Educação, Marcos Michels.

O anúncio foi feito pelo prefeito Lauro Michels (PV) durante aula inaugural do projeto, na tarde de ontem, no Circo Escola. Apesar de ressaltar os benefícios do programa e que a cidade ofertará contrapartida para custeá-lo, o chefe do Executivo não soube especificar quanto será investido nem quanto recebe do governo federal para manutenção das atividades.

OPORTUNIDADE

Com a notícia da ampliação do Mais Educação, o filho mais velho da atriz Márcia Cabral, 28 anos, poderá continuar a participar das oficinas de hip hop. Vinícius, 9 anos, ultrapassou a idade limite do programa e teve de abandonar as aulas no fim do ano passado. Por outro lado, o irmão, Moisés, 6 anos, ingressará neste ano e está ansioso pelas aulas de teatro. "Em casa eles não têm atividades culturais nem esportivas. Geralmente ficam no videogame, televisão e computador", observa a mãe.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;