Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 28 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Turismo

turismo@dgabc.com.br | 4435-8367

Pré-histórica Aquitaine


Christiane Ferreira
Do Diário do Grande ABC

29/05/2008 | 07:08


No caminho entre Paris e Espanha, mais precisamente entre o Oceano Atlântico e o Mar Mediterrâneo, está Aquitaine, no Sudoeste da França. Quem deu nome á região foi Julio Cesar, primeiro a escrever sobre a "Aquitainii" durante a Guerra Gaulesa.

A variedade de paisagens da região abrange cavernas pré-históricas; aldeias; vales de rios das vinhas de Dordogne e Bordeaux; cadeia montanhosa rochosa, os Pirineus; belas praias, propícias para a prática de surfe e comunidade pesqueiras do país Basco; planície florestal dos Landes; e castelos medievais e vilarejos em Lot-et-Garonne.

A história de Aquitaine começou há milhares de anos, quando o homem de Cro-Magnon vivia nas cavernas de Périgord e deixou pinturas nas paredes em locais como Lascaux e Les Eyzies.

Vestígios da história de Aquitaine datam da época de Eléonore de Aquitaine, mulher de Luís VII, rei da França. Após desconfiar da infidelidade da mulher, o rei conseguiu anulação do casamento. Com isso, ela se casou com Henry Plantagenet, que se tornaria rei da Inglaterra em 1154. Por este motivo iniciaram-se vários conflitos entre França e Inglaterra pelo controle da região.

Atualmente, as aldeias fortificadas e os castelos erguidos durante esse período servem de cartão-postal e oferecem paradas aprazíveis ao longo das estradas rurais.

Compreendendo 7,5% da área total da França, o que significa 551.255 quilômetros quadrados, Aquitaine abrange desde a península de Point de Grave até a cadeia dos Pirineus, do Atlântico ao sopé das montanhas Massivo Central.

A região inclui cinco departamentos: Gironde, Landes e Dordogne, os maiores da França; além de Pirineus-Atlântico (Béarn-País Basco) e Lot-et-Garonne. Praticamente metade da sua população e das atividades da região concentra-se em Gironde, onde está a capital, Bordeaux.

ESTAÇÕES
O clima caracteriza-se por sua amenidade. A temperatura média anual é de 13ºC, subindo para 20ºC no verão. De meados de julho a agosto as temperaturas podem atingir acima de 30ºC. No entanto, mesmo nos dias mais quentes, a presença refrescante do Atlântico e de ventos ocidentais deixam o clima agradável.

O verão começa este mês e segue até outubro. Durante ele, as horas de luz solar e as temperaturas do ar e da água permitem a prática da natação, esportes aquáticos e excursões longas e tranqüilas.

O outono e a primavera são ideais para a descoberta das atrações culturais, gastronômicas e viticulturais, enquanto o inverno favorece a prática de esqui e de caminhada nos Pirineus.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Pré-histórica Aquitaine

Christiane Ferreira
Do Diário do Grande ABC

29/05/2008 | 07:08


No caminho entre Paris e Espanha, mais precisamente entre o Oceano Atlântico e o Mar Mediterrâneo, está Aquitaine, no Sudoeste da França. Quem deu nome á região foi Julio Cesar, primeiro a escrever sobre a "Aquitainii" durante a Guerra Gaulesa.

A variedade de paisagens da região abrange cavernas pré-históricas; aldeias; vales de rios das vinhas de Dordogne e Bordeaux; cadeia montanhosa rochosa, os Pirineus; belas praias, propícias para a prática de surfe e comunidade pesqueiras do país Basco; planície florestal dos Landes; e castelos medievais e vilarejos em Lot-et-Garonne.

A história de Aquitaine começou há milhares de anos, quando o homem de Cro-Magnon vivia nas cavernas de Périgord e deixou pinturas nas paredes em locais como Lascaux e Les Eyzies.

Vestígios da história de Aquitaine datam da época de Eléonore de Aquitaine, mulher de Luís VII, rei da França. Após desconfiar da infidelidade da mulher, o rei conseguiu anulação do casamento. Com isso, ela se casou com Henry Plantagenet, que se tornaria rei da Inglaterra em 1154. Por este motivo iniciaram-se vários conflitos entre França e Inglaterra pelo controle da região.

Atualmente, as aldeias fortificadas e os castelos erguidos durante esse período servem de cartão-postal e oferecem paradas aprazíveis ao longo das estradas rurais.

Compreendendo 7,5% da área total da França, o que significa 551.255 quilômetros quadrados, Aquitaine abrange desde a península de Point de Grave até a cadeia dos Pirineus, do Atlântico ao sopé das montanhas Massivo Central.

A região inclui cinco departamentos: Gironde, Landes e Dordogne, os maiores da França; além de Pirineus-Atlântico (Béarn-País Basco) e Lot-et-Garonne. Praticamente metade da sua população e das atividades da região concentra-se em Gironde, onde está a capital, Bordeaux.

ESTAÇÕES
O clima caracteriza-se por sua amenidade. A temperatura média anual é de 13ºC, subindo para 20ºC no verão. De meados de julho a agosto as temperaturas podem atingir acima de 30ºC. No entanto, mesmo nos dias mais quentes, a presença refrescante do Atlântico e de ventos ocidentais deixam o clima agradável.

O verão começa este mês e segue até outubro. Durante ele, as horas de luz solar e as temperaturas do ar e da água permitem a prática da natação, esportes aquáticos e excursões longas e tranqüilas.

O outono e a primavera são ideais para a descoberta das atrações culturais, gastronômicas e viticulturais, enquanto o inverno favorece a prática de esqui e de caminhada nos Pirineus.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;