Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 4 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Viaduto do Riacho Grande só sai em 2006


Renata Gonçalez
Do Diário do Grande ABC

23/05/2004 | 18:44


Os sazonais, porém quilométricos, congestionamentos originados a partir do Km 29 da Via Anchieta, em São Bernardo, onde fica o único acesso ao subdistrito de Riacho Grande, só terão fim em dezembro de 2006. Essa é a previsão da Ecovias, concessionária que administra o sistema Anchieta-Imigrantes, para a entrega do viaduto no local. A construção faz parte de um pacote de obras para São Bernardo anunciado no início da semana passada pelo governador Geraldo Alckmin.

Orçado em R$ 17 milhões, o projeto que será bancado pela Ecovias foi elaborado pelo governo estadual e prevê uma série de alterações viárias no local. O traçado do projeto foi feito pelo governo do Estado, analisado por técnicos da Prefeitura e será colocado em prática pela Ecovias. Neste momento, ele está sendo analisado pela Artesp (Agência Reguladora de Transportes do Estado de São Paulo), autarquia ligada à Secretaria Estadual de Transportes que regulamenta as obras executadas nas estradas e rodovias paulistas. Por este motivo, a assessoria de imprensa da Ecovias informou não ter previsão de quando começará a construção.

Segundo a Artesp, o estudo das condições subterrâneas do solo para a execução das obras começou a ser feitos no mês passado. No momento, técnicos da agência identificam as diversas tubulações que passam sob o asfalto, tais como dutos da Petrobras, Comgás e Sabesp, e os que abrigam cabeamentos da Telefônica. Na sexta-feira, a Artesp informou que aguardava que as empresas envolvidas apresentassem alternativas para a remoção das tubulações para que a obra possa começar.

Mudanças – Segundo a Prefeitura de São Bernardo, uma das mudanças viárias que ocorrerá no local é a duplicação das pistas que passam sob a Anchieta e que dão acesso à estrada Caminho do Mar.

O trevo terá sete alças (além das quatro já existentes) que serão readaptadas. Uma das novas será exclusiva para quem sai do Riacho Grande sentido Centro. A segunda será construída para dar acesso à estrada Caminho do Mar, para o motorista que vem da Baixada Santista. A terceira alça nova vai permitir ao motorista que trafega pela pista Norte (sentido capital) retornar à pista Sul (sentido litoral).

A atual alça de acesso usada pelo motorista que sobe a serra e que vai para o Riacho Grande e as outras duas que saem da estrada Caminho do Mar – sentido Centro de São Bernardo e Riacho Grande – também passarão por intervenções.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;