Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 4 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Sobe para 21 número de mortos em acidente com caminhao na BA


Do Diário do Grande ABC

23/05/1999 | 14:44


Aumentou para 21 o número de mortos no acidente com um caminhao pau-de-arara, na sexta-feira à noite na zona rural de Casa Nova, a 550 quilômetros de Salvador. Mergulhadores resgataram na tarde deste sábado a última vítima, uma menina de 4 anos, que estava presa na carroceria do caminhao submerso no Açude Baluá. Todos morreram afogados.

O enterro coletivo, marcado por muita emoçao e revolta, foi no final da tarde deste sábado, no povoado de Lagoa do Alegre, onde viviam as vítimas. A prefeita de Casa Nova, Dagmar Nogueira (PFL), decretou luto municipal por três dias.

O acidente foi na rodovia BR-235, quando o caminhao pau-de-arara, dirigido por Joao Dias da Silva retornava para Lagoa do Alegre, depois de levar 27 moradores para fazer a feira semanal na cidade de Casa Nova. Numa ladeira um furgao que vinha em direçao contrária fez uma ultrapassagem irregular e se projetou em direçao ao caminhao. Silva tentou desviar mas perdeu o controle e o caminhao caiu no açude, à margem da rodovia.

Dos 27 trabalhadores rurais, homens, mulheres e crianças apenas seis se salvaram porque caíram no barranco antes de o caminhao atingir a água. O veículo capotou e parou no fundo do açude com as rodas para cima. As 21 pessoas se afogaram, presas na estrutura de ferro montada na carroceria do caminhao para segurar uma lona, usada como "proteçao" para os passageiros.Devido à precariedade do transporte no interior dos estados do Nordeste, a utilizaçao dos chamados caminhoes pau-de-arara, também conhecidos como gaiola, é comum e freqüentemente provoca tragédias.

A Delegacia de Casa Nova nao havia identificado até a tarde deste domingo o motorista do furgao que teria causado o acidente. Alguns agricultores da regiao disseram à polícia que ele trabalharia para uma empresa do município de Petrolina (PE).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;