Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 20 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Pacientes do SUS de Diadema recorrem a São Bernardo


Vanessa Fajardo
Da Sucursal de Diadema

29/05/2008 | 07:08


Três dias após a inauguração do Quarteirão da Saúde, pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde) que moram na região da UBS (Unidade Básica de Saúde) Jardim ABC, no bairro São José, em Diadema, reclamam que faltam clínicos gerais na unidade. Por conta disso, muitos têm procurado atendimento médico em São Bernardo.

A dona de casa Neire Solange Santos, 42 anos, disse que quando precisa passar por consultas de rotina já recorre diretamente à UBS Taboão, na cidade vizinha. "Moro em Diadema há 30 anos e pago meus impostos, por isso deveria ser atendida na minha cidade."

Ontem, a doméstica Linda Primo, 53, precisou ir duas vezes até a UBS Jardim ABC para conseguir marcar uma consulta para o marido diabético. "Por isso, a população depende do pronto-socorro e UBSs de São Bernardo."

A Prefeitura de São Bernardo confirmou que cerca de 40% da demanda das UBSs dos bairros Taboão e Paulicéia é de pacientes de Diadema. A Prefeitura de Diadema nega que faltem médicos na UBS Jardim ABC, mas afirma que por conta da demanda, o quadro será reforçado por mais dois clínicos e que a região tem ainda outras duas UBSs e os pronto atendimentos Nações e Paineiras.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Pacientes do SUS de Diadema recorrem a São Bernardo

Vanessa Fajardo
Da Sucursal de Diadema

29/05/2008 | 07:08


Três dias após a inauguração do Quarteirão da Saúde, pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde) que moram na região da UBS (Unidade Básica de Saúde) Jardim ABC, no bairro São José, em Diadema, reclamam que faltam clínicos gerais na unidade. Por conta disso, muitos têm procurado atendimento médico em São Bernardo.

A dona de casa Neire Solange Santos, 42 anos, disse que quando precisa passar por consultas de rotina já recorre diretamente à UBS Taboão, na cidade vizinha. "Moro em Diadema há 30 anos e pago meus impostos, por isso deveria ser atendida na minha cidade."

Ontem, a doméstica Linda Primo, 53, precisou ir duas vezes até a UBS Jardim ABC para conseguir marcar uma consulta para o marido diabético. "Por isso, a população depende do pronto-socorro e UBSs de São Bernardo."

A Prefeitura de São Bernardo confirmou que cerca de 40% da demanda das UBSs dos bairros Taboão e Paulicéia é de pacientes de Diadema. A Prefeitura de Diadema nega que faltem médicos na UBS Jardim ABC, mas afirma que por conta da demanda, o quadro será reforçado por mais dois clínicos e que a região tem ainda outras duas UBSs e os pronto atendimentos Nações e Paineiras.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;