Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 22 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Argentina tem apenas 26% de chance de classificação direta


Fernando Cappelli
Do Diário do Grande ABC

11/09/2009 | 07:00


Se o calvário argentino parece inevitável e longe de acabar na jornada rumo à Copa do Mundo de 2010, as estatísticas atuais enfraquecem ainda mais as pretensões do time comandado por Diego Maradona.

Após três derrotas consecutivas, para Equador, Brasil e Paraguai, respectivamente, o quinto lugar deve empurrar de vez os hermanos para a repescagem (contra o quarto colocado da América do Norte).

Segundo cálculos do matemático Tristão Garcia, divulgados ontem, a seleção portenha tem apenas 26% de chance de alcançar a classificação para o torneio África do Sul de forma direta, e 67% de, necessariamente, ter de disputar a repescagem para chegar à competição.

‘DEUS' NA BERLINDA - O moral de Diego Maradona com o povo de seu país já não parece mais tão incontestável assim. Apesar de o técnico ter se garantido no cargo mesmo após o terceiro insucesso seguido, seu trabalho à frente do time nacional tem sido questionado pela mídia.

"A seleção (argentina) brinca com o próprio destino. A possibilidade de não disputar um mundial é real. Maradona e seus jogadores parecem cada vez mais desorientados", estampou ontem o jornal La Nación, que classificou a derrota para o Paraguai como "a noite em que a Argentina perdeu sua história."

O Clarín, outro periódico local, estampou manchetes como "África do Sul cada vez mais e mais longe", e "Com a calculadora nas mãos."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Argentina tem apenas 26% de chance de classificação direta

Fernando Cappelli
Do Diário do Grande ABC

11/09/2009 | 07:00


Se o calvário argentino parece inevitável e longe de acabar na jornada rumo à Copa do Mundo de 2010, as estatísticas atuais enfraquecem ainda mais as pretensões do time comandado por Diego Maradona.

Após três derrotas consecutivas, para Equador, Brasil e Paraguai, respectivamente, o quinto lugar deve empurrar de vez os hermanos para a repescagem (contra o quarto colocado da América do Norte).

Segundo cálculos do matemático Tristão Garcia, divulgados ontem, a seleção portenha tem apenas 26% de chance de alcançar a classificação para o torneio África do Sul de forma direta, e 67% de, necessariamente, ter de disputar a repescagem para chegar à competição.

‘DEUS' NA BERLINDA - O moral de Diego Maradona com o povo de seu país já não parece mais tão incontestável assim. Apesar de o técnico ter se garantido no cargo mesmo após o terceiro insucesso seguido, seu trabalho à frente do time nacional tem sido questionado pela mídia.

"A seleção (argentina) brinca com o próprio destino. A possibilidade de não disputar um mundial é real. Maradona e seus jogadores parecem cada vez mais desorientados", estampou ontem o jornal La Nación, que classificou a derrota para o Paraguai como "a noite em que a Argentina perdeu sua história."

O Clarín, outro periódico local, estampou manchetes como "África do Sul cada vez mais e mais longe", e "Com a calculadora nas mãos."

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;