Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 26 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Sto.André tenta tirar proveito de falha no fim para se fortalecer

Claudinei Plaza/ DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Técnico Wilson Júnior admite frustração por empate sofrido no último lance diante da Portuguesa, mas fala em aprendizado para a sequência


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

24/08/2021 | 00:01


O empate cedido à Portuguesa no último minuto do embate de sábado, no Estádio do Inamar, fez com que o Santo André perdesse a vice-liderança do Grupo A-7 do Campeonato Brasileiro da Série D. Se tivesse conseguido manter a vitória, teria pulado à primeira posição e garantido antecipadamente a classificação. Agora, porém, tem duas rodadas para conseguir assegurar vaga no mata-mata. O técnico Wilson Júnior não escondeu a frustração pela igualdade no lance derradeiro, que decretou os 2 a 2. Porém, avaliou que situações como esta fazem com que o jovem grupo ramalhino adquira experiências que poderão ser úteis nas próximas fases.

“É frustrante tomar gol no último minuto, ainda mais em um jogo grande, no qual as duas equipes buscaram a vitória. Tivemos momentos bem melhores do que a Portuguesa, merecíamos a vitória, a equipe produziu, esteve organizada, mas são coisas que acontecem. Temos equipe jovem, alguns jogadores estão vivenciando isso pela primeira vez, então é aprendizado que estão tendo, criando casca para amadurecer. É olhar para a frente. Claro que gostaríamos de ter vencido, mas tiro proveito de termos jogado 70% do tempo melhor do que a Portuguesa. Serve de aprendizado para o próximo”, exaltou o treinador. “Adiou nosso sonho de classificação, mas a equipe está no caminho certo. Me deixaria mais preocupado se tivéssemos empatado jogando mal. É necessário ter mais maturidade em certos momentos, fazer leitura melhor, mas são erros que acontecem. Temos de mostrar os caminhos para essa leitura no fim da partida, ainda mais porque nesta Série D jogos são decididos assim, ter foco até o fim, concentrados, que, mesmo cansados, devem estar ligados, e valorizar o que fizeram”, emendou.

Com mais de 50% do grupo formado por jogadores criados no próprio clube (17 dos 27 atletas que integram o elenco), o Santo André vem se mantendo no G-4 desde o início, surpreendendo quem acreditou que o time seria mero participante da Série D. “O mundo da bola não esperava que o Santo André, com uma equipe desconhecida, pudesse se manter dessa maneira e estamos conseguindo com muito trabalho e dedicação dos atletas, que acreditam no que estamos fazendo. Falta pouco para classificar, mas o trabalho é excelente”, concluiu. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;