Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 9 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

S.Bernardo aprova regulamentação de transporte em ônibus municipais


da Redação

15/11/2018 | 07:00


A Câmara de São Bernardo aprovou projeto de lei que regulamenta o transporte de animais domésticos de pequeno porte ou com peso de até 10 kg no sistema de ônibus.

A base de sustentação do governo do prefeito Orlando Morando (PSDB) sugeriu emenda, aprovada pela maioria, com redução no valor da multa aplicada a quem desrespeitar a lei – a punição era de R$ 1.000, mas será de R$ 250.

O passageiro deverá pagar a tarifa regular para o animal, além de portar o certificado de vacina atualizado, acondicionar o animal em recipiente do tipo contêiner de fibra de vidro ou material similar resistente e com porta que contenha travamento que impeça a sua saída, realizar o carregamento e descarregamento do animal sem prejudicar a comodidade e a segurança dos passageiros, além de se responsabilizar pela integridade física do animal durante todo o

O projeto prevê que só dois animais sejam permitidos dentro do ônibus. “A iniciativa beneficia a população que não tem condições de arcar com os custos do transporte particular dos animais a veterinários ou postos de vacinação”, aponta o governo. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

S.Bernardo aprova regulamentação de transporte em ônibus municipais

da Redação

15/11/2018 | 07:00


A Câmara de São Bernardo aprovou projeto de lei que regulamenta o transporte de animais domésticos de pequeno porte ou com peso de até 10 kg no sistema de ônibus.

A base de sustentação do governo do prefeito Orlando Morando (PSDB) sugeriu emenda, aprovada pela maioria, com redução no valor da multa aplicada a quem desrespeitar a lei – a punição era de R$ 1.000, mas será de R$ 250.

O passageiro deverá pagar a tarifa regular para o animal, além de portar o certificado de vacina atualizado, acondicionar o animal em recipiente do tipo contêiner de fibra de vidro ou material similar resistente e com porta que contenha travamento que impeça a sua saída, realizar o carregamento e descarregamento do animal sem prejudicar a comodidade e a segurança dos passageiros, além de se responsabilizar pela integridade física do animal durante todo o

O projeto prevê que só dois animais sejam permitidos dentro do ônibus. “A iniciativa beneficia a população que não tem condições de arcar com os custos do transporte particular dos animais a veterinários ou postos de vacinação”, aponta o governo. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;