Fechar
Publicidade

Domingo, 23 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Crise em serviços secretos divide classe política iraniana


Do Diário do Grande ABC

10/01/1999 | 15:01


A confissao da participaçao de membros dos poderosos serviços secretos iranianos em uma onda de assassinatos políticos divide a classe política do Ira em relaçao à resposta que deve ser dada a esta crise.

Cerca de uma semana depois do anúncio de prisao de membros do Ministério do Interior, os partidários do presidente reformista Mohammad Khatami reivindicam uma reforma desta instituiçao e insistem nas responsabilidades internas do sistema, amplamente controlado pelos conservadores.

A pressao cresce a cada dia na imprensa e nos meios reformistas para que sejam divulgados os nomes das pessoas detidas a fim de serem julgadas publicamente.

O jornal Teheran Times informou neste domingo que um oficial do alto escalao - diretor-geral - do Ministério do Interior está envolvido, dando a entender que o assunto supera a esfera subalterna.

'`As autoridades devem identificar imediatamente os culpados e puní-los por seus atos execráveis'', declarou neste domingo a Frente para a Participaçao do Ira Islâmico (FPII), um movimento ligado ao presidente Khatami.

O Ministério do Interior reconheceu, na noite de terça-feira, que alguns de seus membros ``descontrolados'' participaram, ao final de 1998, dos assassinatos do opositor nacionalista Daryoush Foruhar, de sua esposa e de uma série de intelectuais liberais.

O Teheran Times informou ainda que o ministro dos serviços de inteligência iranianos, Ghorbanali Dorri-Najafabadi, que tinha a intençao de renunciar, nao o fará depois do apoio que recebeu por parte do aiatolá Khamenei.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;