Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 26 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Santos tenta suspirar no Brasileirão



30/09/2007 | 07:02


Vanderlei Luxemburgo trabalhou muito durante a semana para despertar o Santos no Campeonato Brasileiro. Diante da queda de rendimento do time em setembro, com três derrotas em cinco jogos, e sintomas de racha no grupo, o técnico deu treinos especiais, acomodou os ex-vascaínos Pedrinho e Petkovic, seus dois jogadores de maior talento, ao lado do artilheiro Kleber Pereira, e até reuniu os jogadores em churrascadas e noite de pizza em nome da pacificação.

Tudo para o clube continuar sonhando com uma vaga na Copa Libertadores de 2008, com a forte concorrência de pelo menos quatro grandes. A resposta será dada dentro de campo, na Vila Belmiro, hoje, às 16h, contra o Vasco da Gama, motivado pela heróica eliminação do Lanús, da Argentina, na Copa Sul-Americana.

A semana teve algumas cobranças públicas de importantes titulares. O bem articulado zagueiro Adailton pediu para que, neste momento difícil do time no Brasileiro, as vaidades sejam deixadas de lado. Rodrigo Souto disse que a reação só será possível se os jogadores “derem algo mais”.


Ciumeiras? - São suspeitas de ciumeira e de má vontade por parte de alguns jogadores. E o clima pesado entre os atletas só foi quebrado após uma preleção de Luxemburgo antes do treino da quarta-feira.

“O grupo sempre esteve forte e unido. Aqui não queremos pessoas que fiquem pedindo desculpas. É preciso ter um acirramento, alguma coisa mais áspera. Depois a gente conserta”, disse Luxemburgo, na quinta-feira.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Santos tenta suspirar no Brasileirão


30/09/2007 | 07:02


Vanderlei Luxemburgo trabalhou muito durante a semana para despertar o Santos no Campeonato Brasileiro. Diante da queda de rendimento do time em setembro, com três derrotas em cinco jogos, e sintomas de racha no grupo, o técnico deu treinos especiais, acomodou os ex-vascaínos Pedrinho e Petkovic, seus dois jogadores de maior talento, ao lado do artilheiro Kleber Pereira, e até reuniu os jogadores em churrascadas e noite de pizza em nome da pacificação.

Tudo para o clube continuar sonhando com uma vaga na Copa Libertadores de 2008, com a forte concorrência de pelo menos quatro grandes. A resposta será dada dentro de campo, na Vila Belmiro, hoje, às 16h, contra o Vasco da Gama, motivado pela heróica eliminação do Lanús, da Argentina, na Copa Sul-Americana.

A semana teve algumas cobranças públicas de importantes titulares. O bem articulado zagueiro Adailton pediu para que, neste momento difícil do time no Brasileiro, as vaidades sejam deixadas de lado. Rodrigo Souto disse que a reação só será possível se os jogadores “derem algo mais”.


Ciumeiras? - São suspeitas de ciumeira e de má vontade por parte de alguns jogadores. E o clima pesado entre os atletas só foi quebrado após uma preleção de Luxemburgo antes do treino da quarta-feira.

“O grupo sempre esteve forte e unido. Aqui não queremos pessoas que fiquem pedindo desculpas. É preciso ter um acirramento, alguma coisa mais áspera. Depois a gente conserta”, disse Luxemburgo, na quinta-feira.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;