Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 24 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Zé Augusto é acusado de burlar eleição de delegados de Saúde

Celso Luiz/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Conselheiros populares dizem que processo de integrantes de conferência municipal foi maquiado em Diadema


Leandro Baldini
Do Diário do Grande ABC

29/06/2015 | 07:00


Grupo de conselheiros populares da Saúde em Diadema acusa o titular da Pasta, o ex-prefeito José Augusto da Silva Ramos (PSDB), de burlar processo que define delegados para atuar na nona conferência municipal, que vai debater o futuro do setor para os próximos anos.

Eles alegam que Zé Augusto não percorreu todas as etapas da seleção dos integrantes dos blocos nem deu publicidade ao processo, desrespeitando estatuto próprio. Os nomes foram definidos entre os dias 16 e sexta-feira.

“A formação dos delegados é feita após ampla divulgação, seguida por plenárias. Não ocorreu nada disso na cidade”, criticou Maria Cecília Ruivo, conselheira popular, com atuação na UBS (Unidade Básica de Saúde) do Jardim Canhema. “Não havia qualquer informativo. Então passamos a perguntar quando seria o processo e a resposta era de que seríamos avisados. Porém, a definição ocorreu sem que soubéssemos”, acusou ela

Outra conselheira, Zélia Lima de Souza detalhou situação similar ocorrida em UBS do bairro Campanário. “A diretora da unidade estava fazendo a indicação de quem seria o escolhido. Eles arrumaram forma de nos de excluírem”, condenou.

Os reclamantes, que contaram com apoio do Sindema (Sindicato dos Servidores Públicos), estudam possibilidade de entrar com pedido na Justiça para anular resultado da eleição. O Ministério Público também pode ser acionado.


REPERCUSSÃO
Presidente da comissão de Saúde na Câmara e figura da base de sustentação do prefeito Lauro Michels (PV), Ricardo Yoshio (PRB) apoiou a reclamação dos conselheiros e prometeu averiguar situação. O parlamentar, que é médico, classificou o protesto como válido.

“Esse processo tem de ser feito por amplo comunicado, ter plenária e divulgações. Nós ficamos sabendo que isso não ocorreu em diversos equipamentos da Saúde”, contou o vereador, que protocolou ofício no Legislativo citando que artigos do regimento foram desrespeitados.

Outra discordância dos conselheiros que foi atestada por Yoshio é em relação à realização da conferência municipal, marcada para quinta-feira, dia que ocorre sessão dos parlamentares. “O documento que elaboramos pede por um adiamento, uma vez que nesta data ficamos impedidos de participar. Vamos aguardar. Encaminhamos para o prefeito, para o conselho de Saúde e ao próprio secretário.”

Por nota, a Prefeitura de Diadema informou que os 124 delegados da nona conferência municipal, que nesta quinta-feira participam da conferência municipal, foram escolhidos durante as plenárias de usuários do setor. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;