Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Estabilidade dá segurança para investir em imóveis


Da Agência Brasil

14/05/2010 | 07:00


A estabilidade econômica vivenciada atualmente pelo mercado doméstico torna cada vez mais seguro o investimento em imóveis residenciais, tanto quanto adquiridos como forma de poupança ou como fonte de rendimento. A opinião é do vice-presidente do Ibef (Instituto Brasileiro dos Executivos de Finanças), Luiz Calado.

Segundo ele, o imóvel trata-se de um bem que agrega valor de geração para geração e está no imaginário de todos que desejam a tão sonhada casa própria. Mas, apesar de o mercado imobiliário estar superaquecido, batendo recordes de venda - a Caixa Econômica Federal, por exemplo, está oferecendo 450 imóveis no Feirão da Casa Própria, em 13 cidades do país - o advogado Pedro Lessi, especialista em direito imobiliário e do consumidor, alerta para a necessidade de alguns cuidados antes de fechar negócio, principalmente na compra de imóveis usados.

Na aquisição de imóveis antigos o advogado sugere que o comprador seja cuidadoso e exija documentos como a certidão vintenária - para casos de imóveis com mais de 20 anos de construção - e também certidões pessoais das pessoas que foram proprietárias no período. Segundo ele, pode ocorrer casos de venda anterior a outra pessoa e a negociação pode parar na Justiça.

Mesmo na aquisição de imóveis novos, o comprador deve verificar se a empresa construtora recolheu a alíquota destinada ao INSS (Instituto Nacional de Seguro Social), referente à obra. O comprador deve também solicitar a certidão negativa de débito do imóvel e verificar se a hipoteca do terreno está regularizada.

A movimentação do mercado imobiliário pode ser contabilizada também a partir dos empréstimos concedidos pela Caixa para o setor. Só neste ano, o banco emprestou R$ 22,7 bilhões para a compra da casa própria - com dados atualizados até o último dia 10. O resultado alcança tudo o que foi destinado a operações de crédito habitacional em 2008, além de ser 123% superior aos R$ 10,18 bilhões contratados até o dia 10 de maio do ano passado.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;