Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 5 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

dmais@dgabc.com.br | 4435-8396

Rebelde com caras brasileiras estreia na Record

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Marcela Munhoz
Do Diário do Grande ABC

13/03/2011 | 07:00


Rebelde não precisa ter causa, tem de ter atitude. Assim é apresentada a nova novela da Record em parceria com a Televisa: Rebelde, que estreia dia 21, às 19h. A trama é remake da original argentina (a mexicana com Anahi, Dulce Maria e companhia, também é uma versão), exibida em mais de 40 países. Tem como protagonistas Micael Borges (Pedro), 23 anos, Sophia Abrahão (Alice), 20, Melanie Fronckowiak (Carla), 23, Chay Sued (Tomás), 19, Lua Blanco (Roberta), 23, e Arthur Aguiar (Diego), 21. Todos são atores, exceto Chay, revelado no último programa Ídolos.

As gravações estão bombando desde o fim do ano. Além de histórias e nomes parecidos com a versão original, o uniforme lembra o do Elite Way School, com gravata e tudo. Aliás, o nome do colégio brasileiro é Elite Way. A trama foi adaptada e carrega jeito brasuca. "Os jovens de lá (mexicanos e argentinos) são bem diferentes do que os daqui", diz Micael, que acredita que as produções não podem ser comparadas.

 

POLÊMICA - A novela nem estreou e a versão brasileira de Rebelde já gera polêmica na internet. Enquanto fãs da versão mexicana são contra e falam mal dos atores brasileiros, outros acreditam que a novela é tão boa que merece sim ter a cara do País, por que não? Para Lara dos Santos, 11, é legal ter uma versão brasileira. "Cada uma tem seu espaço, não dá para comparar", fala a menina que, por enquanto, prefere a Roberta (Dulce Maria) mexicana. Heloisa Oliveira, 12, já se encantou com os meninos do elenco. "O Micael é um fofo."

 

Vilões querem ver o circo pegar fogo - Do lado malvado estão Rayana Carvalho, 24 anos, e Miguel Gomes, 22. Eles interpretam Pilar e João Alves e prometem detonar as estrelas do colégio. A garota é supermimada, filha do diretor. "Não quer ver ninguém feliz, é invejosa, carente. Não tem amigos e fica nervosa por isso", descreve. Para Rayana, as maldades da personagem não estão nem nos seus piores pesadelos. "Ela é ruim mesmo, mas é uma delícia interpretá-la", conta a atriz, que andava com os CDFs na época da escola. "Era tranquila, apesar de visitar a direção algumas vezes."

João é apaixonado por Pilar e vai fazer de tudo para agradá-la. "Ele não é uma pessoa ruim, mas está amando e não mede esforços para vê-la satisfeita", conta o ator, que diz estar adorando os bastidores das gravações. "É uma diversão só. Todos estão se dando bem." Rayana e Miguel admitem que não assistiram à versão mexicana já exibida aqui. O ator era informado do que rolava pela namorada. "Ela ficou maluca quando soube que eu ia participar da trama brasileira. É fã mesmo." O ator conta que, como seu personagem, também não foi correspondido quando estava na escola. "Já levei muitos ‘nãos'. Depois essa fase passou, mas fez parte."

 

E mais ...

Como rolou com as outras versões, a brasileira também vai ganhar os palcos. Os atores vão formar banda, lançar CD (ainda sem previsão) e fazer shows pelo País.

Pérola Faria, Carla Díaz e Bernardo Falcone (ex-HSM Brasil) também fazem parte do elenco.

Foram investidos cerca de R$ 43 milhões no projeto, escrito por Margareth Boury com direção de Ivan Zettel.

Nas três primeiras semanas, serão sorteados carros, viagens, aparelhos de TV, iPads e computadores nos intervalos, para promover a novela.

Dizem que Silvio Santos pediu para serem editados os episódios de RBD La Familia (série mexicana, diferente da novela), adquiridos pelo SBT em 2007. A ideia seria estrear quando a trama da Record começar.

Quando esteve no Brasil, Christian Chávez disse ao D+ que adoraria assistir a uma versão brasileira de Rebelde.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Rebelde com caras brasileiras estreia na Record

Marcela Munhoz
Do Diário do Grande ABC

13/03/2011 | 07:00


Rebelde não precisa ter causa, tem de ter atitude. Assim é apresentada a nova novela da Record em parceria com a Televisa: Rebelde, que estreia dia 21, às 19h. A trama é remake da original argentina (a mexicana com Anahi, Dulce Maria e companhia, também é uma versão), exibida em mais de 40 países. Tem como protagonistas Micael Borges (Pedro), 23 anos, Sophia Abrahão (Alice), 20, Melanie Fronckowiak (Carla), 23, Chay Sued (Tomás), 19, Lua Blanco (Roberta), 23, e Arthur Aguiar (Diego), 21. Todos são atores, exceto Chay, revelado no último programa Ídolos.

As gravações estão bombando desde o fim do ano. Além de histórias e nomes parecidos com a versão original, o uniforme lembra o do Elite Way School, com gravata e tudo. Aliás, o nome do colégio brasileiro é Elite Way. A trama foi adaptada e carrega jeito brasuca. "Os jovens de lá (mexicanos e argentinos) são bem diferentes do que os daqui", diz Micael, que acredita que as produções não podem ser comparadas.

 

POLÊMICA - A novela nem estreou e a versão brasileira de Rebelde já gera polêmica na internet. Enquanto fãs da versão mexicana são contra e falam mal dos atores brasileiros, outros acreditam que a novela é tão boa que merece sim ter a cara do País, por que não? Para Lara dos Santos, 11, é legal ter uma versão brasileira. "Cada uma tem seu espaço, não dá para comparar", fala a menina que, por enquanto, prefere a Roberta (Dulce Maria) mexicana. Heloisa Oliveira, 12, já se encantou com os meninos do elenco. "O Micael é um fofo."

 

Vilões querem ver o circo pegar fogo - Do lado malvado estão Rayana Carvalho, 24 anos, e Miguel Gomes, 22. Eles interpretam Pilar e João Alves e prometem detonar as estrelas do colégio. A garota é supermimada, filha do diretor. "Não quer ver ninguém feliz, é invejosa, carente. Não tem amigos e fica nervosa por isso", descreve. Para Rayana, as maldades da personagem não estão nem nos seus piores pesadelos. "Ela é ruim mesmo, mas é uma delícia interpretá-la", conta a atriz, que andava com os CDFs na época da escola. "Era tranquila, apesar de visitar a direção algumas vezes."

João é apaixonado por Pilar e vai fazer de tudo para agradá-la. "Ele não é uma pessoa ruim, mas está amando e não mede esforços para vê-la satisfeita", conta o ator, que diz estar adorando os bastidores das gravações. "É uma diversão só. Todos estão se dando bem." Rayana e Miguel admitem que não assistiram à versão mexicana já exibida aqui. O ator era informado do que rolava pela namorada. "Ela ficou maluca quando soube que eu ia participar da trama brasileira. É fã mesmo." O ator conta que, como seu personagem, também não foi correspondido quando estava na escola. "Já levei muitos ‘nãos'. Depois essa fase passou, mas fez parte."

 

E mais ...

Como rolou com as outras versões, a brasileira também vai ganhar os palcos. Os atores vão formar banda, lançar CD (ainda sem previsão) e fazer shows pelo País.

Pérola Faria, Carla Díaz e Bernardo Falcone (ex-HSM Brasil) também fazem parte do elenco.

Foram investidos cerca de R$ 43 milhões no projeto, escrito por Margareth Boury com direção de Ivan Zettel.

Nas três primeiras semanas, serão sorteados carros, viagens, aparelhos de TV, iPads e computadores nos intervalos, para promover a novela.

Dizem que Silvio Santos pediu para serem editados os episódios de RBD La Familia (série mexicana, diferente da novela), adquiridos pelo SBT em 2007. A ideia seria estrear quando a trama da Record começar.

Quando esteve no Brasil, Christian Chávez disse ao D+ que adoraria assistir a uma versão brasileira de Rebelde.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;