Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 26 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Corinthians reencontra Guerrero e quer bater Flamengo para manter folga na ponta



25/10/2015 | 07:00


O reencontro da torcida do Corinthians com Guerrero, neste domingo, às 17 horas, deve marcar também quebra de recorde de público no estádio Itaquerão, em São Paulo, no jogo contra o Flamengo, pela 32.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Já foram vendidos 41 mil ingressos para os corintianos e, se a torcida rubro-negra comprar 810 ingressos (o que é muito provável que aconteça), o recorde de 41.809 pagantes da partida diante do Joinville, pela 25.ª rodada, será superado.

A torcida do Corinthians está ansiosa para o reencontro com Guerrero. Quase um mês antes do jogo já haviam sido vendidos 36 mil ingressos. Após uma longa e conturbada negociação para renovar o seu contrato, o peruano recusou a proposta corintiana e deixou o Parque São Jorge em maio sem nem se despedir dos companheiros. No primeiro turno, na vitória por 3 a 0 dos paulistas, no Maracanã, o atacante não pôde atuar devido a um acordo entre os dois clubes.

As torcidas organizadas prometem ignorar Guerrero neste domingo e não farão nenhum protesto contra o jogador. Os chamados "torcedores comuns", no entanto, têm se mobilizado por meio das redes sociais para vaiar o ex-corintiano quando o Flamengo entrar em campo e toda vez em que ele tocar na bola.

Emerson, que foi para o Flamengo junto com Guerrero, não estará em campo porque foi suspenso pelo STJD. Diferentemente do peruano, ele deixou o clube de forma amigável. A postura da torcida divide o Corinthians. O presidente Roberto Andrade chegou a afirmar que, se estivesse na arquibancada, iria vaiar o peruano. Já o técnico Tite disse que o torcedor não deve se voltar contra Guerrero e sim apoiar os jogadores da sua equipe.

Uma coisa é certa, o atacante não terá marcação especial. "Guerrero é homem-gol e tem grande capacidade de finalização, mas nós marcamos por setor. Não fazemos marcação homem a homem", avisou Tite. A escalação, inclusive, será a mesma que goleou o Atlético Paranaense por 4 a 1 na última rodada.

O Corinthians chega ao jogo contra o Flamengo com oito pontos a mais do que o Atlético Mineiro (67 a 59). E, para manter essa boa vantagem do segundo colocado ou até mesmo aumentar ainda mais a distância caso o time de Belo Horizonte tropece diante da Ponte Preta, a equipe confia no ótimo retrospecto que possui quando joga em casa.

Neste domingo, o Corinthians disputará o seu 50.º jogo no Itaquerão. Até agora, venceu 35, empatou 10 e perdeu apenas quatro. "Nossa arena pulsa", disse Tite. Com novo triunfo, a equipe garante matematicamente a vaga na Copa Libertadores e só ficará fora do torneio se cair para a quarta colocação e Chapecoense ou Atlético Paranaense conquistar a Copa Sul-Americana. Assim, o G4 do Brasileirão viraria G3.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;