Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 29 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Justiça manda Mauá solucionar crise na Saúde


Sérgio Vieira
Do Diário do Grande ABC

16/08/2007 | 08:03


A juíza Letícia Fraga Benitez, da 2ª Vara de Mauá, determinou à Prefeitura a solução, em até 120 dias, de inúmeras irregularidades apontadas pelo MP (Ministério Público), Cremesp (Conselho Regional de Medicina de São Paulo) e Coren (Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo), no sistema de Saúde.

Entre as determinações estão reformas de equipamentos do Hospital Radamés Nardini e UBSs (Unidades Básicas de Saúde), ativação de salas de Pronto Socorro, contratação de funcionários, equipamentos de proteção individual. A multa pelo descumprimento é de R$ 100 mil ao dia.

A medida teve como base a ação civil pública protocolada em maio pela promotora de Justiça Adriana Ribeiro Soares de Morais. “Queremos a solução dos problemas apontados. Eles têm o dever de prestar adequadamente o serviço.”

Na ocasião, o governo ainda mantinha convênio com o IBDPH (Instituto Brasileiro de Desenvolvimento da Pessoa Humama), substituído em junho pelo Instituto Sorrindo para a Vida. Mas, segundo a promotora, a mudança não afetará a aplicação da sentença.

A secretária de Saúde, Sandra Regina Vieira, informou que só irá se manifestar quando for notificada.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;