Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Automóveis

automoveis@dgabc.com.br | 4435-8337

Chinês supera argentino


Sueli Osorio
Do Diário do Grande ABC

04/05/2011 | 07:09


Depois de vencer Fiat Palio Essence e Renault Sandero Privilége, em comparativo publicado  na edição de 30 de março, o recém-chegado JAC J3 enfrenta mais um forte concorrente: o Chevrolet Agile.

Para se ter uma ideia, o representante da GM é o terceiro colocado em vendas no segmento dos hatches pequenos, com total de 22.042 unidades emplacadas de janeiro até a primeira quinzena de abril, segundo a Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores), atrás apenas do Volkswagen Fox (incluindo o CrossFox) e do Fiesta.

Sob o capô, ambos são equipados com motor 1.4. O do Chevrolet é o conhecido Econo.Flex, com oito válvulas e potência de até 102 cv quando abastecido com etanol. O do JAC só bebe gasolina, tem 16 válvulas e é mais potente: são 108 cv. O torque também é um pouco mais elevado - são 14 mkgf a 4.500 giros, ante 13,5 mkgf a 3.200 rpm do Agile (etanol).

Na prática, ambos têm desempenho semelhante. O J3 mostra mais disposição nas saídas, embora seja um pouco lento nas retomadas e subidas íngremes. O Agile demora mais nas arrancadas. Ambos têm boa manobrabilidade e contam com suspensão que absorve bem as imperfeições do solo.

VIDA A BORDO

Quando se fala em espaço, o Agile acomoda melhor quem vai no banco de trás: são 14 centímetros a mais de distância entre os eixos. No porta-malas, entretanto, é o chinês que leva vantagem de 23 litros.

O acabamento interno de ambos não é nenhum primor, mas suas peças plásticas apresentam bons encaixes e o tecido usado nos bancos tem toque agradável. /CW

Externamente, o J3 tem linhas harmoniosas. Na dianteira, o conjunto óptico e a grade têm contornos que remetem aos traços das tradicionais máscaras chinesas, o que lhe confere visual marcante. A traseira denota equilíbrio. O projeto foi criado no Centro de Design da JAC Motors em Turim, na Itália. O interior foi projetado no Japão, onde a montadora mantém outro centro tecnológico.

O Agile, por sua vez, inspirado no conceito GPiX, nunca foi unanimidade no quesito beleza. Com aparência que remete a um modelo maior do que realmente é, a desarmonia de suas linhas fica mais evidente na traseira.

EQUIPAMENTOS

Os dois hatches saem de fábrica equipados com ar-condicionado, direção hidráulica, CD player, rodas de liga leve de 15 polegadas, retrovisores, travas e vidros com acionamento elétrico (no Agile, apenas os vidros dianteiros) e faróis de neblina.

Custando R$ 37,9 mil, o chinês tem a mais air bags frontais para motorista e passageiro, além de freios ABS com EBD (distribuição eletrônica de frenagem), sensor de estacionamento e lanterna de neblina.

O Agile, na versão avaliada, LTZ, custa R$ 42.491. Se for equipado com freios ABS com EBD, air bag duplo, vidros elétricos traseiros e lanterna de neblina, seu preço salta para R$ 45.744, diferença considerável de R$ 7.844 a mais que o concorrente. Valor que, certamente, deve ser levado muito em conta na hora da compra.

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Chinês supera argentino

Sueli Osorio
Do Diário do Grande ABC

04/05/2011 | 07:09


Depois de vencer Fiat Palio Essence e Renault Sandero Privilége, em comparativo publicado  na edição de 30 de março, o recém-chegado JAC J3 enfrenta mais um forte concorrente: o Chevrolet Agile.

Para se ter uma ideia, o representante da GM é o terceiro colocado em vendas no segmento dos hatches pequenos, com total de 22.042 unidades emplacadas de janeiro até a primeira quinzena de abril, segundo a Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores), atrás apenas do Volkswagen Fox (incluindo o CrossFox) e do Fiesta.

Sob o capô, ambos são equipados com motor 1.4. O do Chevrolet é o conhecido Econo.Flex, com oito válvulas e potência de até 102 cv quando abastecido com etanol. O do JAC só bebe gasolina, tem 16 válvulas e é mais potente: são 108 cv. O torque também é um pouco mais elevado - são 14 mkgf a 4.500 giros, ante 13,5 mkgf a 3.200 rpm do Agile (etanol).

Na prática, ambos têm desempenho semelhante. O J3 mostra mais disposição nas saídas, embora seja um pouco lento nas retomadas e subidas íngremes. O Agile demora mais nas arrancadas. Ambos têm boa manobrabilidade e contam com suspensão que absorve bem as imperfeições do solo.

VIDA A BORDO

Quando se fala em espaço, o Agile acomoda melhor quem vai no banco de trás: são 14 centímetros a mais de distância entre os eixos. No porta-malas, entretanto, é o chinês que leva vantagem de 23 litros.

O acabamento interno de ambos não é nenhum primor, mas suas peças plásticas apresentam bons encaixes e o tecido usado nos bancos tem toque agradável. /CW

Externamente, o J3 tem linhas harmoniosas. Na dianteira, o conjunto óptico e a grade têm contornos que remetem aos traços das tradicionais máscaras chinesas, o que lhe confere visual marcante. A traseira denota equilíbrio. O projeto foi criado no Centro de Design da JAC Motors em Turim, na Itália. O interior foi projetado no Japão, onde a montadora mantém outro centro tecnológico.

O Agile, por sua vez, inspirado no conceito GPiX, nunca foi unanimidade no quesito beleza. Com aparência que remete a um modelo maior do que realmente é, a desarmonia de suas linhas fica mais evidente na traseira.

EQUIPAMENTOS

Os dois hatches saem de fábrica equipados com ar-condicionado, direção hidráulica, CD player, rodas de liga leve de 15 polegadas, retrovisores, travas e vidros com acionamento elétrico (no Agile, apenas os vidros dianteiros) e faróis de neblina.

Custando R$ 37,9 mil, o chinês tem a mais air bags frontais para motorista e passageiro, além de freios ABS com EBD (distribuição eletrônica de frenagem), sensor de estacionamento e lanterna de neblina.

O Agile, na versão avaliada, LTZ, custa R$ 42.491. Se for equipado com freios ABS com EBD, air bag duplo, vidros elétricos traseiros e lanterna de neblina, seu preço salta para R$ 45.744, diferença considerável de R$ 7.844 a mais que o concorrente. Valor que, certamente, deve ser levado muito em conta na hora da compra.

 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;