Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 9 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Taxa de desemprego no Reino Unido cai a 4,9% no trimestre até julho



14/09/2016 | 06:24


A taxa de desemprego do Reino Unido caiu a 4,9% no trimestre até julho, de 5% nos três meses até junho, atingindo o menor nível desde o terceiro trimestre de 2005, segundo dados publicados hoje pelo Escritório para Estatísticas Nacionais (ONS, na sigla em inglês). Analistas consultados pela Dow Jones Newswires previam estabilidade da taxa, a 5%.

O resultado sugere que o mercado de trabalho britânico se mantém sólido, apesar da decisão do Reino Unido de votar por sua saída da União Europeia (o chamado "Brexit"), em plebiscito realizado no fim de junho.

No trimestre até julho, o número de desempregados no Reino Unido registrou queda de 39 mil. O total de pessoas empregadas, por sua vez, avançou para o nível recorde de 31,8 milhões, informou o ONS.

Já os ganhos dos trabalhadores no Reino Unido, excluindo-se o pagamento de bônus, aumentaram 2,1% nos três meses até julho ante igual período do ano passado, após subirem 2,3% no trimestre até junho e superando a projeção do mercado, de alta de 2,2%. Fonte: Dow Jones Newswires.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Taxa de desemprego no Reino Unido cai a 4,9% no trimestre até julho


14/09/2016 | 06:24


A taxa de desemprego do Reino Unido caiu a 4,9% no trimestre até julho, de 5% nos três meses até junho, atingindo o menor nível desde o terceiro trimestre de 2005, segundo dados publicados hoje pelo Escritório para Estatísticas Nacionais (ONS, na sigla em inglês). Analistas consultados pela Dow Jones Newswires previam estabilidade da taxa, a 5%.

O resultado sugere que o mercado de trabalho britânico se mantém sólido, apesar da decisão do Reino Unido de votar por sua saída da União Europeia (o chamado "Brexit"), em plebiscito realizado no fim de junho.

No trimestre até julho, o número de desempregados no Reino Unido registrou queda de 39 mil. O total de pessoas empregadas, por sua vez, avançou para o nível recorde de 31,8 milhões, informou o ONS.

Já os ganhos dos trabalhadores no Reino Unido, excluindo-se o pagamento de bônus, aumentaram 2,1% nos três meses até julho ante igual período do ano passado, após subirem 2,3% no trimestre até junho e superando a projeção do mercado, de alta de 2,2%. Fonte: Dow Jones Newswires.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;