Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 7 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

É importante que Fed continue normalização da política monetária, diz Kaplan



12/01/2016 | 04:48


O presidente da distrital do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) em Dallas, Robert Kaplan, disse que é importante que o Fed continue a elevar os juros básicos de curto prazo gradualmente devido à possibilidade de distorções na economia, caso as taxas permaneçam baixas por muito tempo.

"Se adiarmos a normalização adicional até que vejamos de fato evidências de acomodação excessiva, há um risco de que teremos esperado tempo demais", afirmou Kaplan, que não tem direito a voto nas reuniões de política monetária do Fed neste ano, durante discurso em Dallas.

"Minha experiência é que, às vezes, é mais fácil reconhecer esses desequilíbrios em retrospectiva", acrescentou.

Numa sessão de perguntas e respostas que se seguiu ao discurso, Kaplan disse ainda que o Fed está esperando para ver as implicações da recente turbulência nos mercados acionários dos EUA e da China. O Fed vai ajustar seus planos de aumento de juros se as condições financeiras e/ou econômicas assim exigirem, explicou.

Kaplan afirmou concordar com avaliação do presidente do Fed de São Francisco, John Williams, de que não está definido que o BC norte-americano fará quatro elevações de juros em 2016. Em dezembro, o Fed aumentou os juros básicos pela primeira vez desde 2006.

Kaplan lembrou que, na época em se juntou ao Fed, houve um período de volatilidade que teve início na China e se espalhou para os mercados dos EUA. O Fed provavelmente seguirá o mesmo protocolo desta vez, indicou ele.

"Passamos por isso em agosto e setembro, (o Fed) deu uma pausa, observamos os desdobramentos dos eventos (e) aquela foi a maneira correta de lidar com (a situação)", comentou Kaplan, que anteriormente foi professor na Universidade Harvard e vice-presidente do Goldman Sachs. "Vimos que as condições econômicas subjacentes permaneciam sólidas; não há substituto para tempo de avaliar dados econômicos".

Kaplan disse também prever que haverá novas crises de volatilidade no mercado durante o período de normalização monetária do Fed e que a economia da China continuará se enfraquecendo por mais alguns anos. Segundo ele, as intervenções feitas por Pequim na tentativa de superar a turbulência nos mercados são questionáveis, mas não refletem as tendências econômicas.

Sobre os EUA, Kaplan afirmou esperar que a inflação do país avance gradualmente para a meta de 2% do Fed até o fim de 2017. Fonte: Dow Jones Newswires.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;