Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 2 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Sandy não convence como atriz


Everaldo Fioravante
Do Diário do Grande ABC

17/06/2001 | 17:31


A tentativa de emplacar a cantora musa Sandy também como atriz chegou ao fim, por enquanto, com o término, na sexta-feira passada, de Estrela-Guia, que teve o último capítulo reprisado no sábado. A nova novela das 18h da Rede Globo, ocupando o espaço deixado pela história de ares hippies, estréia hoje: A Padroeira, trama de Walcyr Carrasco protagonizada por Luigi Baricelli e Deborah Secco e com direção geral de Walter Avancini e Mário Márcio Bandarra.

O derradeiro episódio da curta Estrela-Guia foi marcado pela série de crianças nascidas e pelo – para lá de óbvio – final feliz. Entre outros, vieram à luz as filhas de Carlos Charles (Rodrigo Santoro) e de Gisela (Thaís Fersoza) e, a mais esperada, a de Cristal (Sandy) e Tony (Guilherme Fontes).

Cristal pariu a menina Esperança. O nome da criança foi o estímulo para que os românticos pais fizessem discursos de paz nos instantes finais. Tony disse: “Esperança de que nesse novo milênio a cooperação substitua a competição; a tolerância e a boa vontade sejam mais fortes que as diferenças”. E Cristal encerrou a trama: “Esperança de que os homens encontrem um novo objetivo, de unirem-se cada vez mais para compartilhar e salvar o mundo em que vivem”.

Um finalzinho bonito e politicamente correto, marcado pela pureza e preocupação social. Por sinal, imagem esta que a Globo tenta, e vem conseguindo, imputar a Sandy: a de garota “certinha”. A estratégia de fixação da figura de Sandy como “pura” foi reforçada em Estrela-Guia, porém, ficou evidente que a jovem está muito longe de ser boa atriz.

Novidade – A Padroeira é uma história de época ambientada na vila paulista de Guaratinguetá em 1717. O eixo principal da trama é o amor entre Valentim (Baricelli) e Cecília (Deborah), que terá Dom Fernão (Maurício Mattar), pretendente da moça indicado por Dom Lourenço (Paulo Goulart), pai de Cecília, como vilão.

O elenco de A Padroeira assistirá nesta segunda ao primeiro capítulo da novela em evento fechado no Shopping Morumbi, em São Paulo. A partir de amanhã, um espaço no próprio shopping (av. Roque Petroni Jr., 1.089. Tel.: 0800-177600) será decorado com o cenário da atração televisiva. Trata-se de uma exposição que contará com um passo-a-passo da produção de uma novela de época. Com entrada franca, a mostra fica em cartaz até o dia 27 deste mês.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;