Fechar
Publicidade

Domingo, 17 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Berlusconi critica rebaixamento da Itália pela S&P

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


20/09/2011 | 05:02


O primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, disse nesta terça-feira que a decisão da agência de classificação de risco Standard & Poor's de rebaixar a nota da dívida soberana de curto e longo prazo da Itália de "A+/A-1+ para A/A-1" "não reflete a realidade do país", que já se preparava para adotar medidas de estímulo ao crescimento, ao que se somaria a elevação de impostos e cortes nas despesas públicas.

"As avaliações da Standard & Poor's parecem pautadas mais por histórias de jornal do que pela realidade, e sugerem ser negativamente influenciadas por considerações políticas", disse Berlusconi em comunicado. O premiê acrescentou que seu governo já aprovou medidas para equilibrar o orçamento em 2013, e preparava medidas para estimular o crescimento da economia italiana, com previsão de dar frutos a curto e médio prazo.

A S&P justificou sua decisão alegando que a Itália sofre um enfraquecimento em suas perspectivas de crescimento econômico e também devido a seu nível da dívida pública maior que o esperado. A avaliação da S&P para a Itália ainda está cinco passos acima do "status junk". As informações são da Associated Press.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Berlusconi critica rebaixamento da Itália pela S&P


20/09/2011 | 05:02


O primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, disse nesta terça-feira que a decisão da agência de classificação de risco Standard & Poor's de rebaixar a nota da dívida soberana de curto e longo prazo da Itália de "A+/A-1+ para A/A-1" "não reflete a realidade do país", que já se preparava para adotar medidas de estímulo ao crescimento, ao que se somaria a elevação de impostos e cortes nas despesas públicas.

"As avaliações da Standard & Poor's parecem pautadas mais por histórias de jornal do que pela realidade, e sugerem ser negativamente influenciadas por considerações políticas", disse Berlusconi em comunicado. O premiê acrescentou que seu governo já aprovou medidas para equilibrar o orçamento em 2013, e preparava medidas para estimular o crescimento da economia italiana, com previsão de dar frutos a curto e médio prazo.

A S&P justificou sua decisão alegando que a Itália sofre um enfraquecimento em suas perspectivas de crescimento econômico e também devido a seu nível da dívida pública maior que o esperado. A avaliação da S&P para a Itália ainda está cinco passos acima do "status junk". As informações são da Associated Press.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;