Fechar
Publicidade

Sábado, 14 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Sem Gaúcho e Love, Fla reencontra torcida após queda



15/04/2012 | 06:30


Líder do Grupo A e já classificado para a fase semifinal da Taça Rio (segundo turno do Campeonato Carioca), o Flamengo enfrenta o Americano neste domingo, às 16 horas, no Engenhão. E, muito provavelmente, terá de encarar também a fúria de sua própria torcida, inconformada com a eliminação precoce na Libertadores, consumada na última quinta-feira.

Vários grupos de torcedores flamenguistas já prometeram que vão ao Engenhão neste domingo para protestar contra a presidente do clube, Patricia Amorim, e o principal jogador do elenco, Ronaldinho Gaúcho, que acabou sendo vetado apenas neste sábado do confronto e não estará em campo. O mesmo ocorrerá com Vagner Love, que ficou muito abalado com a eliminação na última quinta.

Por causa de dores na perna direita, Ronaldinho ficou fora do treinamento deste sábado, enquanto Love sentiu um problema no joelho direito. Com isso, os dois se juntam ao lateral Leonardo Moura, que também tem um problema no joelho, ao zagueiro David Braz, com uma lesão muscular na coxa direita, e ao volante Willians, com contusão na coxa esquerda. Todos eles serão desfalques para enfrentar o Americano.

O ambiente no clube está carregado. É cada vez mais delicada a situação do técnico Joel Santana, que pode deixar o Flamengo nos próximos dias. Ele ganhou uma sobrevida no clube por causa da fase final do Campeonato Carioca. Mas, na avaliação de alguns conselheiros, nem mesmo a eventual conquista do título estadual serviria para mantê-lo no cargo.

Acuado por causa do fracasso na Libertadores, Joel Santana tentará escalar o que tem de melhor à disposição em meio ao grande número de desfalques. Ele quer garantir o primeiro lugar no grupo, o que, na prática, não significa nenhuma vantagem na semifinal.

A tensão no jogo do Engenhão não está apenas do lado do Flamengo. O Americano tem de vencer e torcer por outros resultados para evitar o que seria um inédito rebaixamento à segunda divisão. O time trocou de técnico quatro vezes durante o campeonato e vive em profunda crise.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sem Gaúcho e Love, Fla reencontra torcida após queda


15/04/2012 | 06:30


Líder do Grupo A e já classificado para a fase semifinal da Taça Rio (segundo turno do Campeonato Carioca), o Flamengo enfrenta o Americano neste domingo, às 16 horas, no Engenhão. E, muito provavelmente, terá de encarar também a fúria de sua própria torcida, inconformada com a eliminação precoce na Libertadores, consumada na última quinta-feira.

Vários grupos de torcedores flamenguistas já prometeram que vão ao Engenhão neste domingo para protestar contra a presidente do clube, Patricia Amorim, e o principal jogador do elenco, Ronaldinho Gaúcho, que acabou sendo vetado apenas neste sábado do confronto e não estará em campo. O mesmo ocorrerá com Vagner Love, que ficou muito abalado com a eliminação na última quinta.

Por causa de dores na perna direita, Ronaldinho ficou fora do treinamento deste sábado, enquanto Love sentiu um problema no joelho direito. Com isso, os dois se juntam ao lateral Leonardo Moura, que também tem um problema no joelho, ao zagueiro David Braz, com uma lesão muscular na coxa direita, e ao volante Willians, com contusão na coxa esquerda. Todos eles serão desfalques para enfrentar o Americano.

O ambiente no clube está carregado. É cada vez mais delicada a situação do técnico Joel Santana, que pode deixar o Flamengo nos próximos dias. Ele ganhou uma sobrevida no clube por causa da fase final do Campeonato Carioca. Mas, na avaliação de alguns conselheiros, nem mesmo a eventual conquista do título estadual serviria para mantê-lo no cargo.

Acuado por causa do fracasso na Libertadores, Joel Santana tentará escalar o que tem de melhor à disposição em meio ao grande número de desfalques. Ele quer garantir o primeiro lugar no grupo, o que, na prática, não significa nenhuma vantagem na semifinal.

A tensão no jogo do Engenhão não está apenas do lado do Flamengo. O Americano tem de vencer e torcer por outros resultados para evitar o que seria um inédito rebaixamento à segunda divisão. O time trocou de técnico quatro vezes durante o campeonato e vive em profunda crise.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;