Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 22 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Corinthians prega pé no chão diante do Vasco em Itaquera

Divulgação  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Apesar de cariocas terem sido goleados na última
rodada, corintianos apostam em jogo complicado


Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

29/07/2015 | 07:00


O Corinthians não podia encontrar cenário melhor para reagir no Campeonato Brasileiro e ter a chance de assumir a liderança. Depois de perder dois pontos preciosos diante do Coritiba na última rodada, quando cedeu o empate por 1 a 1, fora de casa, nos instantes finais, a equipe terá pela frente o Vasco, hoje, às 22h, na Arena. Se vencer, o Timão torce por tropeço do líder Atlético-MG, que joga no mesmo horário com o São Paulo, no Mineirão, para ficar isolado na ponta.

Não faltam motivos para a torcida corintiana apostar em bom resultado hoje. Além de ocupar a 18ª posição, na zona de rebaixamento, o Vasco conta com a pior defesa da competição, com 26 gols sofridos e vem de goleada (4 a 1) em seus domínios para o Palmeiras. Mesmo assim, os jogadores corintianos não querem saber de assumir o favoritismo.

“Vamos deixar essa empolgação para o torcedor. Temos de respeitar o Vasco. Lá está o técnico (Celso Roth) que me deu a primeira chance como profissional. Não adianta ir achando que vai golear. Pode ter sido esse o problema do Fluminense (que perdeu por 2 a 1, semana passada). Primeiro, temos de pensar em pontuar dentro de casa, pensar na vitória”, comentou o meia Renato Augusto.

Até pelo momento delicado que vive o rival, Renato Augusto prevê postura totalmente retaída da equipe carioca. “Quem vai para o jogo achando que vai ser goleada porque eles perderam em casa na última rodada, está enganado. O Vasco virá fechado, a pressão lá é grande. Vai ser um jogo muito difícil”, projetou o meia.
O técnico Tite não deve fazer mudanças no time, com exceção da saída do goleiro Cássio, que ainda não se recuperou das dores na coxa esquerda e dará lugar a Walter. Após cumprir suspensão, Gil também retoma a posição que foi ocupada por Edu Dracena contra o Coritiba.

VASCO
Celso Roth vai promover mudanças profundas na equipe, entre elas as saídas dos experientes Andrezinho e Dagoberto. No total, seis jogadores perderam a posição. (com Agências) 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Corinthians prega pé no chão diante do Vasco em Itaquera

Apesar de cariocas terem sido goleados na última
rodada, corintianos apostam em jogo complicado

Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

29/07/2015 | 07:00


O Corinthians não podia encontrar cenário melhor para reagir no Campeonato Brasileiro e ter a chance de assumir a liderança. Depois de perder dois pontos preciosos diante do Coritiba na última rodada, quando cedeu o empate por 1 a 1, fora de casa, nos instantes finais, a equipe terá pela frente o Vasco, hoje, às 22h, na Arena. Se vencer, o Timão torce por tropeço do líder Atlético-MG, que joga no mesmo horário com o São Paulo, no Mineirão, para ficar isolado na ponta.

Não faltam motivos para a torcida corintiana apostar em bom resultado hoje. Além de ocupar a 18ª posição, na zona de rebaixamento, o Vasco conta com a pior defesa da competição, com 26 gols sofridos e vem de goleada (4 a 1) em seus domínios para o Palmeiras. Mesmo assim, os jogadores corintianos não querem saber de assumir o favoritismo.

“Vamos deixar essa empolgação para o torcedor. Temos de respeitar o Vasco. Lá está o técnico (Celso Roth) que me deu a primeira chance como profissional. Não adianta ir achando que vai golear. Pode ter sido esse o problema do Fluminense (que perdeu por 2 a 1, semana passada). Primeiro, temos de pensar em pontuar dentro de casa, pensar na vitória”, comentou o meia Renato Augusto.

Até pelo momento delicado que vive o rival, Renato Augusto prevê postura totalmente retaída da equipe carioca. “Quem vai para o jogo achando que vai ser goleada porque eles perderam em casa na última rodada, está enganado. O Vasco virá fechado, a pressão lá é grande. Vai ser um jogo muito difícil”, projetou o meia.
O técnico Tite não deve fazer mudanças no time, com exceção da saída do goleiro Cássio, que ainda não se recuperou das dores na coxa esquerda e dará lugar a Walter. Após cumprir suspensão, Gil também retoma a posição que foi ocupada por Edu Dracena contra o Coritiba.

VASCO
Celso Roth vai promover mudanças profundas na equipe, entre elas as saídas dos experientes Andrezinho e Dagoberto. No total, seis jogadores perderam a posição. (com Agências) 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;