Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 21 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Brasil encara Equador com boa chance de voltar à elite da Davis



18/09/2009 | 07:00


O tênis brasileiro tem boa chance de voltar ao Grupo Mundial da Copa Davis. A partir de hoje, a equipe enfrenta o Equador na quadra de saibro montada no Ginásio Gigantinho, em Porto Alegre.

O vencedor do duelo entrará na divisão de elite do torneio em 2010, feito que o Brasil não conquista desde 2003, quando Gustavo Kuerten ainda estava em ação.

O Brasil têm uma equipe mais jovem e mais forte do que o Equador. O gaúcho Marcos Daniel (56º colocado do ranking mundial) e o paulista Thomaz Bellucci (número 65 do mundo) estão na melhor temporada de suas carreiras, enquanto os irmãos Lapentti, que formam a base da equipe equatoriana, tiveram, outra vez, um ano fraco.

O talentoso Nicolas Lapentti, 33 anos, chegou a ocupar o sexto lugar no ranking mundial, mas agora é apenas o 144º colocado - ele, inclusive, não descarta se aposentar no fim do ano. Seu irmão Giovanni Lapentti, 26 anos, nunca despontou no circuito e hoje ocupa apenas a 211ª posição.

Pelo sorteio realizado ontem, Marcos Daniel irá abrir o confronto com Giovanni Lapentti, em jogo marcado para as 16h. Depois, também hoje, Bellucci enfrenta Nicolas Lapentti. Amanhã, acontece a partida de duplas. E, no domingo, são realizados mais dois jogos de simples para definir o duelo.

"Estou muito feliz de jogar aqui, especialmente no ginásio que pertence ao meu time", afirmou Marcos Daniel, que é torcedor do Internacional. "Todos os meus amigos estão aqui, é uma grande atmosfera, o ginásio vai estar cheio."

Nem os equatorianos confiam muito em um bom resultado em Porto Alegre. "Acho que, definitivamente, o time brasileiro é favorito", reconheceu Nicolas Lapentti.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;