Fechar
Publicidade

Domingo, 1 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

São Bernardo estreia em casa e prega respeito ao 'Moleque'


Fernando Cappelli
Do Diário do Grande ABC

18/07/2009 | 07:00


O São Bernardo recebe o Juventus hoje (15h), no Estádio Primeiro de Maio, pela segunda rodada do Grupo 4 da Copa Paulista. A partida marca a estreia do Tigre em seus domínios. E, mesmo com a boa impressão deixada pela goleada sobre o Flamengo de Guarulhos (4 a 0), na semana passada, a filosofia pés no chão e o clima de respeito com o tradicional clube da Mooca são predominantes entre elenco e comissão técnica.

"Na verdade, este assunto (respeito) tem de ser algo encarado como prioridade para todas as partidas. Só assim conseguiremos chegar em algum lugar na Copa Paulista ou em qualquer outro campeonato", afirmou o técnico do Tigre, Luciano Dias.

"Obviamente, o último resultado nos deu respaldo para que o adversário também nos respeite dentro de campo. No geral, será nossa primeira exibição dentro de casa. E isso já tem de tornar o jogo diferenciado", completou.

PROBLEMAS - O treinador do São Bernardo terá desfalques para a segunda partida, já que o meia Adans e o zagueiro Melika sentem leves contusões e ainda dependem do aval final do Departamento Médico para saber se estão em condições de atuar.

Em seus lugares devem entrar, respectivamente, Danielzinho e Júnior. No ataque, Ney Mineiro, recuperado de contusão, está à disposição. Mas Diogo deve ser mantido entre os titulares.

Neste ano, as equipes já se enfrentaram pela 12ª rodada da Série A-2 do Campeonato Paulista, no mesmo Estádio Primeiro de Maio. Na ocasião, o São Bernardo aplicou goleada por 3 a 0. Os gols foram marcados por Alekito, (que não atua mais pela equipe do Grande ABC), e Ney Mineiro (dois), todos na segunda etapa.

Juventus terá força máxima e aposta na experiência do grupo

No Juventus, o treinador Nelsinho Kerchner não tem problemas para escalar o time hoje, contra o São Bernardo.

O ex-lateral-esquerdo do São Paulo nas décadas de 1980 e 1990 tem um grupo experiente: conta com jogadores como o lateral-direito Luís Paulo, 32 anos, também ex-São Paulo, e os meias Marcelo Silva e Elder, de 33 e 32 anos, respectivamente, que atuaram pelo Santos.

O comandante do Moleque Travesso confia que a vivência é o diferencial para vencer. "Temos jogadores tarimbados, que já passaram por times grandes. Se estiverem em boas condições físicas, serão fundamentais ao longo da nossa campanha", garante o treinador, que assumiu a equipe paulista durante o Paulista da Série A-2, após a saída de Edu Marangon.

(com Agências)



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;