Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 27 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Santo André confirma 1ª morte por febre amarela da região

Claudinei Plaza/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Homem de 44 anos veio a óbito em janeiro, após viajar para Atibaia, no Interior do Estado


Vanessa de Oliveira
Do Diário do Grande ABC

10/02/2018 | 07:00


 O vírus da febre amarela, contraído em Atibaia, no Interior do Estado, foi a causa da morte de morador de Santo André, em janeiro. A confirmação do primeiro óbito da região em razão da doença foi dada ontem pela Prefeitura. Motorista entregador de 44 anos, ele residia na Vila Junqueira e ficou internado na rede de Saúde de São Bernardo.

De acordo com a administração municipal, o departamento de vigilância à Saúde de Santo André realizou as ações de bloqueio no local de residência da vítima, mesmo antes da confirmação da morte. Este é o segundo caso importado da doença registrado no município. O primeiro foi de um jovem de 24 anos, que também viajou para Atibaia e se recuperou sem sequelas.

A região tem ainda outros três registros de febre amarela, sendo um autóctone, de São Bernardo, e outros dois importados (contraídos em Mairiporã por munícipes de São Bernardo e Ribeirão Pires). Nestes casos, os pacientes passam bem.

Na segunda-feira, São Bernardo confirmou o primeiro caso local de febre amarela. Morador do Jardim Palermo (área urbana) e funcionário de empresa localizada no Jardim Represa (próximo a região de mata), o homem de 35 anos teve alta hospitalar na quinta-feira.

Outros nove casos – todos importados – estão sendo investigados, sendo quatro em Santo André, dois em São Bernardo e três em Diadema.

A campanha da vacinação contra a febre amarela foi iniciada em 25 de janeiro e será encerrada no dia 17, no entanto, a administração de Ribeirão Pires declarou que seguirá com a ação de imunização até o dia 24. “A Prefeitura está avaliando o reforço da campanha em outros pontos além das UBSs (Unidades Básicas de Saúde), como escolas municipais, onde palestras estão sendo ministradas junto aos pais dos estudantes; e em postos volantes pela cidade”, disse, em nota.

Em cinco das sete cidades (Mauá e Rio Grande da Serra não retornaram as informações) 645.701 pessoas já foram imunizadas. A meta regional é imunizar 2,3 milhões de pessoas.

Em São Bernardo, onde 102 escolas municipais estão aplicando doses da vacina, as unidades irão funcionar de hoje ao dia 13 (Carnaval), das 9h às 16h. Nas instituições, 25.121 pessoas foram vacinadas. As aulas serão retomadas no dia 15.

Com meta de imunizar 707.474 pessoas, mas enfrentando resistência da população, que teme efeitos da vacina, a Prefeitura de São Bernardo iniciou nesta semana a vacinação porta a porta. A atividade, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, irá acontecer até que a imunização seja completa nos bairros selecionados. São eles: Riacho Grande, Santa Cruz, Jardim Represa, União, Orquídeas e Santa Terezinha.

 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;