Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 10 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Santos bate Botafogo, e Corinthians agradece


Marco Borba
Do Diário do Grande ABC

20/10/2011 | 00:18


Em jogo atrasado da 21ª rodada do Brasileiro, o Santos venceu o Botafogo por 2 a 0, ontem à noite, na Vila Belmiro, e fez a alegria de corintianos e vascaínos, que se mantiveram em primeiro e segundo lugares, respectivamente, com 54 pontos. Uma vitória carioca colocaria o Glorioso na liderança. Com o resultado, o Peixe foi a 41 pontos e subiu da 13ª para a 11ª posição. O Botafogo manteve a terceira colocação, com 52.

O técnico Muricy Ramalho, que apresenta lombociatalgia - inflamação nas costas que atinge também o nervo ciático - foi internado em hospital da Capital paulista e sequer ficou no banco. O time foi comandado pelo auxiliar, Mário Felipe Peres, o Tata.

Com a bola em jogo, o Peixe teve certa dificuldade para encontrar espaços e armar as jogadas ofensivas, já que não conta com Elano e Paulo Henrique Ganso, em recuperação de contusões. Escalado para a função, mais uma vez Alan Kardec pouco apareceu.

Com a forte marcação, Neymar novamente fez a diferença ao partir para as jogadas individuais. A tática do Botafogo de repetir o que fez contra o Corinthians - atuar nos contragolpes - não colou. Sem errar passes o Peixe se manteve no campo ofensivo e, aos 15, Neymar abriu o placar com belo gol. Após aplicar dois dribles secos em Bruno Tiago e deixá-lo no chão, bateu de bico no canto esquerdo de Jefferson.

O gol deu outra dinâmica à partida, pois o Botafogo saiu da toca. Só que não mostrou eficiência nas duas boas chances seguidas que teve com Maicosuel.

Aos 29, a defesa da Estrela Solitária deu espaço e sofreu o segundo. Borges recebeu de costas na entrada da área, girou e bateu colocado no canto esquerdo de Jefferson (2 a 0).

Em seguida, Borges recebeu o terceiro amarelo ao fazer falta e não enfrenta o Flamengo, domingo. No lance, ele sentiu a coxa esquerda e foi substituído por Rentería.

No intervalo, Caio Júnior trocou Elkeson por Herrera, o time carioca ganhou mais força ofensiva e teve duas boas chances de empatar, mas não o fez graças a boas defesas de Rafael.

Experiente, o Santos puxou os contra-ataques quando teve espaço e também teve duas boas chances de ampliar, uma com Renteria e outra com Neymar.

Com o jogo nas mãos, o Peixe tocou a bola, gastou o tempo e garantiu o placar.

 

Contusão de Borges preocupa equipe

 

O atacante Borges já preocupa a comissão técnica do Santos. Ele foi substituído no primeiro tempo após sentir fisgada na coxa esquerda e deve ser submetido a exame de ressonância magnética hoje para saber o grau da contusão. "Quando dei o pique senti uma fisgada e quando isso acontece é melhor sair e ficar dez dias fora do que continuar e piorar a situação", disse o matador.

Com o gol marcado ontem, Borges chegou aos 22 e se isolou ainda mais na artilharia do Brasileiro. Fred, Ronaldinho Gaúcho e Leandro Damião estão bem atrás, com 13.

Antes de sair, o atacante recebeu cartão amarelo por não cumprir ordem do árbitro para deixar o campo pela lateral, foi punido, e não enfrenta o Flamengo domingo.

Cientes de que com a vitória sobre o Botafogo ajudaram Corinthians e Vasco a se manterem na liderança do Brasileiro, os jogadores do Santos minimizaram a situação e disseram que pensaram apenas no bem-estar da própria equipe.

"Sei que nesta noite fizemos muita gente feliz em outros times, mas jamais entregaríamos um jogo. O Santos é grande, somos profissionais. Pensamos apenas em nossa situação. Precisávamos melhorar nossa posição na tabela", disse o atacante Neymar.

O auxiliar Tata minimizou a ausência de Muricy Ramalho no jogo em virtude de inflamação nas costas, que atinge também o nervo ciático. "Não é nada grave. Muricy foi para o hospital, mas daqui a pouco vai estar melhor."

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Santos bate Botafogo, e Corinthians agradece

Marco Borba
Do Diário do Grande ABC

20/10/2011 | 00:18


Em jogo atrasado da 21ª rodada do Brasileiro, o Santos venceu o Botafogo por 2 a 0, ontem à noite, na Vila Belmiro, e fez a alegria de corintianos e vascaínos, que se mantiveram em primeiro e segundo lugares, respectivamente, com 54 pontos. Uma vitória carioca colocaria o Glorioso na liderança. Com o resultado, o Peixe foi a 41 pontos e subiu da 13ª para a 11ª posição. O Botafogo manteve a terceira colocação, com 52.

O técnico Muricy Ramalho, que apresenta lombociatalgia - inflamação nas costas que atinge também o nervo ciático - foi internado em hospital da Capital paulista e sequer ficou no banco. O time foi comandado pelo auxiliar, Mário Felipe Peres, o Tata.

Com a bola em jogo, o Peixe teve certa dificuldade para encontrar espaços e armar as jogadas ofensivas, já que não conta com Elano e Paulo Henrique Ganso, em recuperação de contusões. Escalado para a função, mais uma vez Alan Kardec pouco apareceu.

Com a forte marcação, Neymar novamente fez a diferença ao partir para as jogadas individuais. A tática do Botafogo de repetir o que fez contra o Corinthians - atuar nos contragolpes - não colou. Sem errar passes o Peixe se manteve no campo ofensivo e, aos 15, Neymar abriu o placar com belo gol. Após aplicar dois dribles secos em Bruno Tiago e deixá-lo no chão, bateu de bico no canto esquerdo de Jefferson.

O gol deu outra dinâmica à partida, pois o Botafogo saiu da toca. Só que não mostrou eficiência nas duas boas chances seguidas que teve com Maicosuel.

Aos 29, a defesa da Estrela Solitária deu espaço e sofreu o segundo. Borges recebeu de costas na entrada da área, girou e bateu colocado no canto esquerdo de Jefferson (2 a 0).

Em seguida, Borges recebeu o terceiro amarelo ao fazer falta e não enfrenta o Flamengo, domingo. No lance, ele sentiu a coxa esquerda e foi substituído por Rentería.

No intervalo, Caio Júnior trocou Elkeson por Herrera, o time carioca ganhou mais força ofensiva e teve duas boas chances de empatar, mas não o fez graças a boas defesas de Rafael.

Experiente, o Santos puxou os contra-ataques quando teve espaço e também teve duas boas chances de ampliar, uma com Renteria e outra com Neymar.

Com o jogo nas mãos, o Peixe tocou a bola, gastou o tempo e garantiu o placar.

 

Contusão de Borges preocupa equipe

 

O atacante Borges já preocupa a comissão técnica do Santos. Ele foi substituído no primeiro tempo após sentir fisgada na coxa esquerda e deve ser submetido a exame de ressonância magnética hoje para saber o grau da contusão. "Quando dei o pique senti uma fisgada e quando isso acontece é melhor sair e ficar dez dias fora do que continuar e piorar a situação", disse o matador.

Com o gol marcado ontem, Borges chegou aos 22 e se isolou ainda mais na artilharia do Brasileiro. Fred, Ronaldinho Gaúcho e Leandro Damião estão bem atrás, com 13.

Antes de sair, o atacante recebeu cartão amarelo por não cumprir ordem do árbitro para deixar o campo pela lateral, foi punido, e não enfrenta o Flamengo domingo.

Cientes de que com a vitória sobre o Botafogo ajudaram Corinthians e Vasco a se manterem na liderança do Brasileiro, os jogadores do Santos minimizaram a situação e disseram que pensaram apenas no bem-estar da própria equipe.

"Sei que nesta noite fizemos muita gente feliz em outros times, mas jamais entregaríamos um jogo. O Santos é grande, somos profissionais. Pensamos apenas em nossa situação. Precisávamos melhorar nossa posição na tabela", disse o atacante Neymar.

O auxiliar Tata minimizou a ausência de Muricy Ramalho no jogo em virtude de inflamação nas costas, que atinge também o nervo ciático. "Não é nada grave. Muricy foi para o hospital, mas daqui a pouco vai estar melhor."

 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;