Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 20 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Palhaço é morto por desagradar espectador


Da Agência EFE

15/08/2002 | 09:44


O palhaço e mágico colombiano "Chispiruleto" foi assassinado por um espectador insatisfeito durante uma festa popular em Sampués, no departamento caribenho de Sucre, no noroeste do país.

O artista, 29 anos, cujo nome real era José David Hernández, foi atacado a tiros e morreu na hora enquanto apresentava seu espetáculo na zona rural de Sampués, perto de Sincelejo, cerca de 800 quilômetros ao noroeste de Bogotá.

Seu corpo foi exumado nesta quarta-feira, num cemitério de Sincelejo, capital do Sucre. "Gasparín", palhaço amigo da vítima, declarou a emissoras de rádio de Sincelejo que "Chispiruleto" foi baleado na terça-feira passada por um desconhecido que não gostou de sua atuação, enquanto efetuava um número de mágica.

O artista foi sepultado diante de centenas de pessoas com a mesma roupa que usava em suas apresentações cômicas, e o caixão foi carregado por seus amigos palhaços. "Mataram um palhaço mas não o riso de que o país tanto precisa. Ele nos dizia que quando morresse queria ser enterrado vestido de palhaço e pedia que nós o acompanhássemos. Foi um ato de intolerância", comentou "Gasparín".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;