Fechar
Publicidade

Sábado, 12 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Universidades pedem mais aporte no Ensino Superior

Nario Barbosa/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Fórum de instituições redige carta aos candidatos a prefeito do Grande ABC, com protocolo no TRE-SP


Fábio Martins
Do Diário do Grande ABC

12/08/2016 | 07:00


Fórum, composto por dirigentes de universidades públicas e particulares, anunciou ontem carta aberta aos candidatos ao Paço das sete cidades – são 47 nomes na disputa, ao todo –, tendo como alvo obter compromisso de incentivo a investimento no Ensino Superior e potencializar cooperação entre instituições e prefeituras. O bloco, formado por 13 entidades da região, protocolará documento no TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo), que ficará responsável por enviar a demanda. Há expectativa que os postulantes assumam a iniciativa na lista de prioridades do plano de governo.

O certificado foi assinado durante o encontro por todos os dirigentes – entre Faculdade de Direito de São Bernardo, Fundação Santo André, USCS, Metodista, FEI e Fatecs – em ato realizado na sede da UFABC (Universidade Federal do ABC), unidade de Santo André. Os integrantes do grupo manifestaram proposta às chapas majoritárias ao destacar a importância do “ensino, ciência e tecnologia” no âmbito nacional. A carta-compromisso utiliza termos tais como colaborar com as instituições e pesquisa, viabilizar a criação de ambiente de inovação, priorizar a contratação de estudos, apoiar a interação entre as universidades e dar suporte na busca por recursos junto a outras esferas.

Coordenador do fórum, o reitor da UFABC, Klaus Capelle, sustentou que o momento de crise econômica “não inviabiliza” projetos que contribuam por soluções em parceria. “Podemos encontrar em conjunto condições de resolver os problemas”, alegou, ao acrescentar que a data do anúncio se deve ao Dia Nacional do Estudante. Os dirigentes evitaram fazer críticas aos atuais prefeitos em exercício, ponderando que existe trabalho conjunto de forma isolada, mas que é necessário “potencializar”. Eles pontuaram que, apesar da instabilidade financeira no País, o Grande ABC ainda representa o quarto PIB (Produto Interno Bruto) do Brasil, podendo alavancar seu desenvolvimento.

Fábio do Prado, reitor da FEI, frisou trabalho por efetivar diálogo entre as partes. “Tem muito mais que ainda pode ser feito (referente a parcerias). Queremos fomentar isso”, disse. “A região é espaço de grandes instituições”, emendou o dirigente. Marcelo Mauad, diretor da Direito de São Bernardo, por sua vez, reiterou que a palavra-chave, diante das circunstâncias, é “cooperação”. “As instituições oferecem conhecimento. A união de esforços traz benefícios à população. A partir da celebração (da assinatura), a perspectiva é otimização. Precisamos de recursos, pesquisas. Há interesse em comum.”

O movimento acontece justamente em cenário turbulento na área. O Ministério da Educação informou previsão de verba para 2017 aos gestores das instituições nesta semana. Universidades federais correm risco de corte de até 45% nos investimentos, na comparação com o Orçamento deste ano. O montante para custeio deve ter queda de 18%.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;