Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 21 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Em visita ao Pólo, Lula defende a criação da UFABC


Do Diário OnLine
Com Agência Brasil

18/09/2004 | 15:30


O presidente Luiz Inácio Lula da Silva aproveitou a visita à PQU (Petroquímica União), em Mauá, neste sábado pela manhã, para defender a criação da UFABC (Universidade Federal do Grande ABC). Lula disse esperar que o Congresso Nacional aprove o projeto, pois há dinheiro disponível para realizá-lo, mas assegurou que a região terá ensino superior gratuito de qualquer maneira - mesmo sem o aval dos parlamentares.

"Em época de campanha, muita gente fala bobagem. Assim que o Congresso aprovar, vai ter aqui a Universidade Federal do Grande ABC. Já tem determinação do governo, dinheiro disponível no Ministério da Educação. Se, por qualquer problema, o Congresso Nacional não aprovar, nós iremos fazer", assegurou Lula.

O presidente adiantou que a alternativa para um eventual veto do Congresso ao projeto da UFABC é trazer para a região uma extensão da UFSCar (Universidade Federal de São Carlos). "Para que os trabalhadores e seus filhos tenham direito de fazer vestibular. Não é nenhum favor. A riqueza ainda é pouco diante do que o Grande ABC já contribuiu."

Lula destacou que o Grande ABC é "uma das regiões mais ricas do país" e, mesmo assim, nunca foi agraciado com a instalação de uma das 52 universidades federais brasileiras. "Por a gente ter a vida um pouco melhor que a média das regiões brasileiras somos castigados?", questionou o presidente, um pernambucano de nascença que ‘adotou’ o Grande ABC como lar e berço de sua trajetória sindical e política.

Em seu discurso, o presidente afirmou que a instalação de uma universidade federal seria um justo reconhecimento à importância do Grande ABC para o país. "No Brasil, há o hábito de uma região rica querer se separar dos pobres. Nós não queremos", afirmou Lula, que lançou mão do termo "Estado do Grande ABC".

Visita - Acompanhado da primeira-dama, d.Marisa Letícia, Lula chegou atrasado à PQU para a cerimônia de assinatura do acordo de expansão do Pólo. Usando um capacete amarelo, o presidente fez uma visita pelas instalações da PQU e acabou agarrado por um funcionário que queria tirar uma foto.

Durante a exibição de um vídeo de 10 minutos sobre as atividades da PQU, Lula levantou-se para poder assistir melhor e acabou bastante aplaudido pelos presentes na sala.

Em seu discurso na PQU, que durou cerca de 40 minutos, Lula lembrou do narrador esportivo Osmar Santos, que sofreu traumas físicos e motores graves num acidente automobilístico ocorrido há quase 10 anos. O presidente disse que gostaria de ver o amigo, que estava presente à platéia, voltar a narrar jogos de futebol, especialmente os do Corinthians.

Bem-humorado, Lula recordou da ocasião em que pôde acompanhar um jogo do Timão dentro da cabine da Rádio Globo, ao lado de Osmar Santos, que o fez comentar a partida. O presidente contou que Osmar o elegeu "o melhor comentarista" daquela noite, que terminou com a vitória corintiana sobre o arqui-rival São Paulo por 3 a 1.

A visita de Lula à PQU foi acompanha pelo presidente da Petrobras, José Eduardo Dutra, pelo líder do governo na Câmara, deputado Professor Luizinho (PT-Santo André), e pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB) – entre outras personalidades.

Expansão - O acordo selado neste sábado, com a presença de Lula, vai permitir a expansão em 40% da produção de eteno e polietileno, equivalente a 200 mil toneladas a mais por ano, a partir de 2007. O projeto demanda investimentos de US$ 500 milhões a partir de 2005, divididos entre a Recap (Refinaria de Capuava), PQU e Polietilenos União.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;